terça-feira, 9 de outubro de 2018

Assaltantes roubam e matam a pauladas pai de militares no Norte de Minas

Resultado de imagem para quando mexe com a família a pegada é outra

Crime aconteceu em Nova Esperança, distrito de Montes Claros, e idoso de 64 anos foi morto após ser espancado por ladrões, segundo a esposa da vítima
Um homem de 64 anos foi assassinado a pauladas durante um assalto em um condomínio rural, próximo ao distrito de Nova Esperança, em Montes Claros, no Norte de Minas, na madrugada desta terça-feira. A vítima, Hélio Leandro da Silva, que é pai de dois militares, teria reagido ao assalto, quando começou a ser agredido com pedaços de madeira, sendo também amarrado depois que estava desacordado. 



A mulher dele também foi amarrada. A Polícia Militar faz buscas na região à procura dos suspeitos. Foram levadas duas caminhonetes S-10, juntamente com três televisores e objetos pessoais da vítima. Um dos veículos roubados foi localizado em um matagal poucas horas depois do crime, perto da Vila Castelo Branco, que fica na saída de Montes Claros para Januária. 

De acordo com a PM, o crime de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, ocorreu por volta de 0h45. A mulher do aposentado informou que o casal estava na sala da casa, no Condomínio Vale dos Ipês, quando três homens invadiram o local, situado às margens da BR-135 e distante cinco quilômetros do distrito de Nova Esperança. Ela disse que, ao perceber que os invasores estavam desarmados, Hélio reagiu e tentou lutar contra os criminosos.


Ainda conforme o relato dela, os três homens agrediram o aposentado com pedaços de madeira. Na sequência, quando estava acordado, o aposentado teve o pescoço, mãos e pés amarrados. A mulher contou que ela também foi amarrada e trancada em um banheiro. Ela conseguiu se soltar e percebeu que o marido estava com respiração e pulsação fracas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e os socorristas tentaram reanimar Hélio Silva, mas ele morreu no local.


Vamos!