segunda-feira, 2 de julho de 2018

Mãe é baleada ao tentar defender filho de crime passional no Norte de Minas

Espingarda usada no crime

A mãe tentou tirar o filho de 32 anos da confusão, mas acabou baleada na perna
Na tentativa de defender o filho de um crime passional, uma mulher acabou baleada na noite deste domingo (1). De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu em Japonvar, no Norte de Minas, depois do desentendimento entre um homem, de 21 anos, e outro, de 32 anos, por causa de uma mulher.
O homem de 21 anos ficou com ciúmes da atual namorada com o homem de 32 anos, que é ex-namorado da mulher. Durante a confusão, o jovem de 21 anos pegou uma espingarda e atirou contra o outro. A mãe tentou tirar o  filho de 32 anos da confusão, mas acabou baleada na perna.
De acordo com a Polícia Militar, o desentendimento entre os dois homens por causa da mulher é frequente. Neste domingo, os militares foram acionados mais uma vez para a Vila São Cristóvão, às margens da MGC-135, onde os envolvidos moram e onde ocorreu a confusão. O suspeito do crime foi preso no local e a espingarda utilizada no crime apreendida.
Durante a prisão, a namorada do suspeito, de 24 anos, acabou desacatando os policiais e também foi presa. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Januária, também no Norte de Minas, que vai investigar o caso.
A mulher, de 53 anos, foi baleada na perna e atendida por  uma ambulância do município que a levou ao hospital de Brasília de Minas. A vítima precisou passar por cirurgia para retirar a bala, mas não corre risco de morrer.