quarta-feira, 27 de junho de 2018

Fardado, PM de Volta Redonda é impedido de entrar em escola particular





Gustavo Feijolo, um policial militar do 28ª BPM (Batalhão da Polícia Militar), teria sido recriminado e impedido de entrar fardado numa escola particular de Volta Redonda, o Anglo Americano, do bairro Aterrado. Indignado, o PM gravou um vídeo que viralizou nas redes sociais (confira abaixo). Ele só queria deixar a filha na escola. O fato aconteceu nesta semana.
Nas imagens, o agente diz que a coordenação da escola alegou que pelo fato dele estar fardado e armado seria ofensivo aos outros pais e aos estudantes do colégio. A unidade sugeriu ainda que ele deixasse a arma no carro antes de entrar na escola.
“Se fosse um bandido, eles queriam que eu estivesse aqui para defendê-los. Vou à delegacia para fazer um boletim de ocorrência de discriminação. Isso é um absurdo. Se tivesse sem camisa e armado… Estou fardado e de serviço, querendo trazer minha filha para estudar. A arma no carro pode ser furtada e eu responder um Processo Administrativo por perda de material”, disse o policial.
A equipe de reportagem entrou em contato, via e-mail, com a direção do colégio e ainda não obteve resposta. Assim que escola se manifestar, a reportagem será atualizada.
O mesmo batalhão do PM recriminado realiza um projeto que consiste em receber visita de estudantes da rede municipal de ensino à sede em Volta Redonda. A ideia das visitas é  desmitificar a imagem da polícia e criar uma empatia entre as crianças e os agentes.

Que absurdo!