terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Pimentel: reforço de caixa poderá chegar a R$ 2,5 bi com securitização

PIMENTEL

A matéria ainda precisa passar pelo plenário do Senado e pela Câmara dos Deputados antes de entrar em vigor
O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), disse nesta terça-feira (12) ao jornal "O Estado de S. Paulo" que espera reforçar seu caixa em algo entre R$ 2 bilhões e R$ 2,5 bilhões com a securitização de créditos tributários e não tributários autorizada nesta terça pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. A matéria ainda precisa passar pelo plenário da Casa e pela Câmara dos Deputados antes de entrar em vigor. Mas Pimentel acha possível fazer sua emissão ainda este ano.
"De dívida ativa já parcelada, facilmente negociável, temos R$ 5 bilhões", disse Pimentel. "São dívidas novas, porque fizemos um programa parecido com o Refis, chamado Regulariza."
Trazidos a valor presente, esses créditos representariam perto de R$ 2 bilhões. "Seria muito bom para o Estado no momento." Ele pretende gastar metade do valor com investimentos, como determina a lei. E a outra metade com o pagamento da Previdência estadual.

PARABÉNS AOS APROVADOS NO CHO!

Saiu hoje a publicação da relação dos aprovados no concurso interno para o Curso de Habilitação de Oficiais da Polícia Militar de Minas...