quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Governo de Minas admite que ainda não tem dinheiro para pagar o 13º dos servidores neste ano

Carlos Alberto Pereira/Divulgação
Em entrevista exclusiva à Rádio Itatiaia, o secretário de Planejamento de Minas Gerais, Helvécio Magalhães, afirmou que a prioridade do governo  é o pagamento do décimo 13º, mas admite que não há recurso garantido.
Sem dinheiro, não está descartada a possibilidade de o Executivo não conseguir pagar nenhuma parcela do 13º neste ano.
De acordo com Helvécio Magalhães, a expectativa do governo está no projeto da securitização que vende as dívidas de empresários para os bancos para que as instituições quitem os valores imediatamente. 

Uso do Exército para combater crime triplica desde 1990

O chefe de operações conjuntas do Ministério da Defesa diz que a maioria das ações de combate à criminalidade nos anos 1990 tinha como c...