segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Dupla faz irmã de vereador refém, bate carro na fuga e troca tiros com a PM

Imagem relacionada

O crime aconteceu em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os criminosos acabaram presos depois de bater duas vezes o carro da vítima
Uma perseguição cinematográfica seguida de troca de tiros colocou a vida de diversas pessoas em risco na tarde desta segunda-feira em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Criminosos armados renderam a irmã de um vereador da cidade e a fizeram refém. Eles fugiram no carro da vítima pela BR-381 onde foram abordados por policiais militares. Na fuga, bateram duas vezes com o veículo e fugiram a é pelo pátio de uma empresa. Lá, atiraram contra os PMs, que revidaram. Os dois assaltantes acabaram presos.

Os momentos de terror da vítima, irmã do vereador Palmeirinho, começou quando ela deixava a casa dela. Segundo a PM, dois homens, um deles de terno, abordaram a mulher próximo a residência e fugiram na HRV dela. A vítima foi levada junto. A esposa do parlamentar alertou o marido, que ligou para os militares. 

Um cerco foi feito na cidade para tentar encontrar os criminosos. “Estávamos na BR-381 e fizemos um ponto base embaixo de um viaduto. Conseguimos visualizar os autores e iniciamos a perseguição”, afirma o tenente Daniel Mesquita. “Eles bateram o carro duas vezes em alta velocidade. A primeira, o veículo ficou em duas rodas e quase capotou. Eles conseguiram seguira em frente, mas acabaram atingindo a traseira de outro automóvel. Depois, perderam o controle da direção e pararam. Eles fugiram a pé”, conta o tenente. A colisão foi tão forte que os veículos atingidos não conseguiram deixar a rodovia sem a ajuda de um guincho. 

A perseguição dos dois assaltantes continuaram a pé. Segundo Mesquita, os criminosos entraram no pátio de uma empresa e reagiram a prisão. “Na fuga, um dos autores sacou uma arma que estava na cintura e atirou contra a gente. Um soldado revidou os disparos. Ninguém ficou ferido. Conseguimos prender ele ainda no local. O outro entrou em um matagal, mas acabou cercado e detido por outros policiais que cercaram a área”, comentou o tenente. Os dois homens presos foram identificados como Miguel Estevão Teixeira, de 19 anos, e João Victor Oliveira, de 20. Eles têm longa ficha criminal. 

A ação ousada dos criminosos colocou em risco a vida de várias pessoas, inclusive dos policiais. “A perseguição aconteceu em um espaço de um quilômetro. Colocaram diversas pessoas em risco. Os veículos que eles bateram não conseguiram sair do lugar por causa da violência do acidente. Além disso, eles fizeram disparos dentro de uma empresa transportadora de combustível, o que poderia gerar algo pior caso algum caminhão fosse atingido”, desabafou o militar.

A irmã do vereador foi solta pelos criminosos. Os dois foram encaminhados para uma delegacia da cidade onde será ratificado o flagrante.

Câmara dos Deputados promove degustação de queijos mineiros

Evento foi articulado pelo presidente interino Fábio Ramalho (PMDB) e terá a participação do governador Fernando Pimentel (PT)