sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Duas pessoas são presas em confusão na porta de palestra de Bolsonaro

WhatsApp_Image_2017-09-15_at_12.46.35_(4).jpg

Homens são suspeitos de racismo e homofobia contra grupo que protestava na porta da Universidade Fumec, no bairro Cruzeiro, região Centro-Sul de BH
Duas pessoas foram presas suspeitas de racismo e homofobia no início da tarde desta sexta-feira (15) durante uma confusão na porta da Universidade Fumec, no bairro Cruzeiro, região Centro-Sul Belo Horizonte, após uma palestra do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na instituição de ensino. (Veja o vídeo abaixo)
De acordo com o estudante de psicologia da Fumec, Lucas Lopes, de 23 anos, que alegou ser uma das vítimas de um dos agressores, o rapaz detido insultou os alunos da universidade que protestavam contra a presença de Jair Bolsonaro no local.
“Estou na delegacia agora para prestar depoimento contra esse rapaz por injúria racial e homofobia. Ele estava gritando em alto e bom som chamando a gente de bando de macaco, bando de bosta, disse que a gente não serve para nada”, afirmou Lopes.
“Ele ainda falou que os gays são um bando de aidéticos e que nós não poderíamos ficar na universidade”, completou.
Bolsonaro foi recebido com protestos na universidade onde ele palestrou na manhã dessa sexta. Com faixas chamando o parlamentar de machista, racista e homofóbico, cerca de 50 pessoas foram mostrar seu repúdio aos posicionamentos do político. Bolsonaro passou no meio do protesto antes de chegar ao auditório, mas não houve confusão.
"Essas pessoas protestando são intolerantes, têm medo de diálogo. Falam que eu sou intolerante, eu não sou. A questão LGBT eu só não quero ideologia de gênero na Escola. Eu não sou racista, só sou contra cotas. Eu não sou xenófobo, mas nós vimos que a Inglaterra aprovou Brexit para se proteger dos efeitos da imigração", disse o deputado que é pre-candidato à Presidência em 2018.
Dentro do auditório, a grande maioria da plateia era formada por apoiadores de Bolsonaro. Em alguns momentos eles se manifestaram com gritos e "Mito" e "Bolsonaro Presidente".

Câmara dos Deputados promove degustação de queijos mineiros

Evento foi articulado pelo presidente interino Fábio Ramalho (PMDB) e terá a participação do governador Fernando Pimentel (PT)