quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Assaltante preso em BH diz que vendia carros roubados por R$ 1.000

Detran

Criminoso acabou detido após bater carro roubado em um poste na avenida Pedro II
Apenas R$ 1.000. Esse era o preço no qual seria vendido um Volkswagen Fox vermelho tomado de assalto por três criminosos, na madrugada desta quarta-feira (20), no bairro São José, na região Noroeste de Belo Horizonte.
Um dos bandidos, de 18 anos, que acabou preso, foi quem revelou o preço da venda do veículo. Ele estava dirigindo um outro carro roubado - um Peugeout 207 preto - utilizado para transportar os dois comparsas até o local onde ocorreu o assalto.
A Polícia Militar (PM) conseguiu capturar o rapaz após uma perseguição policial que começou no sentido Sete Lagoas da BR-040, em Contagem, na região metropolitana da capital, e só terminou com um acidente na avenida Pedro II, no bairro Carlos Prates, na região Noroeste de BH.
A perseguição
Os dois carros – Fox e 207 – seguiam pela BR-040 rumo a Ribeirão das Neves, na Grande BH, onde os veículos seriam vendidos. No meio do caminho, os policiais localizaram os bandidos e iniciaram a perseguição.
Os criminosos no Fox conseguiram chegar até o bairro Belvedere, em Ribeirão das Neves, e lá despistaram a PM e fugiram por um matagal. Até o momento, eles não foram encontrados.
O rapaz de 18 anos, por sua vez, fez uma manobra brusca na BR-040 para escapar das viaturas e acessou o sentido BH da rodovia no meio da perseguição. A PM, no entanto, conseguiu localizá-lo novamente na capital e um novo encalço teve início.
Quando o bandido chegou à avenida Pedro II, ele invadiu a contramão, perdeu o controle do veículo e bateu em um poste na altura do bairro Carlos Prates, na região Noroeste de BH. Os militares conseguiram prendê-lo no local.
Ponto de encontro
De acordo com o boletim de ocorrência da PM, o rapaz detido disse que o local onde o Fox vermelho foi abandonado pelos comparsas, no bairro Belvedere, em Ribeirão das Neves, era o ponto de encontro do trio. Os carros roubados seriam vendidos a outros criminosos por R$ 1.000. O preso, contudo, não deu informações sobre as pessoas que comprariam os veículos.
Investigação
Levado para a Delegacia de Plantão do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), na avenida João Pinheiro, no bairro Funcionários, região Centro-Sul de BH, o preso foi ouvido pela delegada Rosângela Tuller, que o autuou em flagrante por roubo. Ele deve ser transferido para o sistema prisional ainda nesta quarta.
Segundo a Polícia Civil, o rapaz confirmou que o trio vendia os carros em Ribeirão das Neves, no entanto, ele disse que só participava desses crimes quando era menor de idade.
O caso vai ser encaminhado e investigado pela Delegacia Especializada em Investigação de Furtos e Roubos a Veículos Automotores (DEIFRVA).
Atualizada às 14h25

Bandidos em fuga batem em moto, matam dois e capotam na MG-040

Os assaltantes fugiram para uma mata após o acidente, sendo que um deles já foi detido pela PM e o outro segue sendo procurado