sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Após conflito de gangues, policiais prendem 7 no aglomerado da Serra

Aglomerado da Serra

Operação conjunta da Polícia Civil e da PM fecha o cerco aos criminosos das facções Del Rey e Pau Comeu, que comandam o tráfico de drogas na região
Em uma operação conjunta, a Polícia Civil e a Polícia Militar (PM) cumprem na manhã desta sexta-feira (15) mandados de prisão, busca e apreensão no aglomerado da Serra, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.
Sete pessoas, sendo cinco adultos e dois adolescentes. Uma quantia, ainda não informada,  de drogas foi apreendida. De acordo com a Polícia Civil, 17 mandados de busca e apreensão foram cumpridos e outros 18 de prisão e 3 de busca e apreensão de adolescentes ainda estão em andamento. 
Setenta e cinco policiais civis trabalham na operação e também há cerca de 65 policiais militares trabalhando no caso, ou seja, aproximadamente 140 policiais trabalham no local para tentar minimizar a maior guerra, segundo a PM, que o Aglomerado da Serra já viu. 
De acordo com o capitão Paulo Giovani, comandante da companhia Tático Móvel do 22º Batalhão da PM, todos os mandados são para prender membros das facções criminosas Del Rey e Pau Comeu, que travaram, nos últimos dias, uma guerra no aglomerado.
“As equipes em conjunto se dirigiram às residências onde possivelmente seriam encontradas as pessoas com os mandados de prisão já expedidos pela Justiça. O direcionamento foi em relação aos membros desses grupos que causaram esse conflito que está havendo entre as gangues, membros de ambos”, afirmou o militar.

Câmara dos Deputados promove degustação de queijos mineiros

Evento foi articulado pelo presidente interino Fábio Ramalho (PMDB) e terá a participação do governador Fernando Pimentel (PT)