quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Um ano antes da eleição, pré-candidatos ao governo de MG intensificam viagens

Resultado de imagem para eleições 2018
Uma das premissas da campanha eleitoral é a de que é preciso gastar muita sola de sapato para ser eleito. E, mesmo faltando mais de um ano para as eleições do ano que vem, parece que pré-candidatos ao governo de Minas Gerais têm levado ao pé da letra essa afirmação. Exemplos disso são o ex-prefeito de Belo Horizonte e presidente do PSB estadual, Marcio Lacerda (PSB), e o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) Dinis Pinheiro (PP), que têm andado, e muito, pelo Estado.


Isso é o que mostra levantamento realizado pelo Aparte sobre as viagens ao interior de Minas realizadas por esses possíveis postulantes à cadeira do Palácio dos Tiradentes. A pesquisa foi feita com base nas publicações deles em seus perfis oficiais do Facebook. Vale ressaltar que o número de deslocamentos dos pré-candidatos pode ser maior, uma vez que nem todas as viagens são registradas nas redes sociais.

As explicações para as visitas ao interior de Minas são várias. Entre elas estão, por exemplo, encontros com prefeitos, vereadores e lideranças das regiões visitadas. Também estão na lista o recebimento de títulos e comendas nos municípios e idas a festividades locais. Em relação a Lacerda, palestras sobre gestão estão entre os motivos das “andanças”. Com a campanha mais curta no ano que vem, os cotados para o governo do Estado estão aproveitando esse tempo para buscar mais alianças e tornarem-se mais conhecidos.

Desde janeiro deste ano, o ex-prefeito da capital mineira realizou 56 viagens ao interior, visitando 51 cidades distintas. Ele visitou por duas vezes Divinópolis, Ipatinga, Juiz de Fora, Nova Serrana e Poços de Caldas. Lacerda intensificou os deslocamentos em junho. Mas, antes disso, realizou viagens por Minas e pelo Brasil representando a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), uma vez que era presidente da instituição.

Quem também acentuou as viagens no segundo semestre deste ano foi Dinis. Ele pegou estrada por 54 vezes, indo para todas as regiões do Estado, sendo que foi ao município de Formiga por duas vezes e a Sete Lagoas em três oportunidades. Além de contar com uma equipe de comunicação, o ex-deputado já estaria estruturando uma equipe para montar o plano de governo.

Já o atual governador Fernando Pimentel (PT) deve buscar a reeleição no ano que vem. Conforme levantamento no site da Agência Minas, ele viajou pelo Estado por 42 vezes neste ano, sendo que repetiu quatro destinos: Divinópolis, Juiz de Fora, Teófilo Otoni e Uberaba. Além de inaugurar obras, entregar viaturas e ambulâncias e receber comendas, o petista tem participado dos Fóruns Regionais. Pimentel também tem-se encontrado com prefeitos em solenidades de entrega de viaturas e equipamentos de saúde realizadas em Belo Horizonte. (Fransciny Alves)

O Tempo

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...