segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Policial que chegava em exame do Detran reage a assalto e mata ladrão

ASSALTO DETRAN

O suspeito abordou o agente por volta das 7h30; os cerca de 330 testes de direção teriam início às 8h
Um assaltante foi baleado e morreu no início da manhã desta segunda-feira (21) após tentar assaltar um policial civil que chegava na área de exames do Departamento de Trânsito (Detran-MG), no bairro Bandeirantes, na região da Pampulha. 
A reportagem de O TEMPO já está no local e, segundo a Polícia Civil (PC), a tentativa de assalto aconteceu por volta das 7h30 na rua Sebastião Antônio Carlos, sendo que os exames começariam na rua professor Alberto Deodato, às 8h. Os dois suspeitos em uma moto chegaram quando já haviam no local cerca de 40 policiais que atuariam no exame. 
Além dos agentes da corporação, também já estavam no local cerca de 50 alunos. Nesta manhã aconteceriam 330 exames de direção no local. 
Após o anúncio do assalto, o policial que ainda não foi identificado reagiu e baleou um deles, que caiu e morreu em frente à uma casa. Já o suspeito que estava na moto conseguiu fugir. Os assaltantes ainda não foram identificados. 
"Eu só escutei tiros e vim aqui para fora e vi o cara morto na minha porta. Não devia ter nem 25 anos. É uma audácia, essa é uma área de exame. Assalto a essa hora da manhã. Mora aqui há mais de 20 anos e nunca aconteceu nada do tipo, é um bairro tranquilo", contou uma moradora que não quis ser identificada. 
Os exames acontecerão normalmente. 

ARRASTÃO

O delegado da Cláudio Ustch afirmou que os bandidos estavam chegaram a cometer outro crime antes de abordarem o policial. "Primeiro, eles assaltaram uma senhora que estava fazendo caminhada. Levaram celular e uma correntinha. Depois tentaram levar o carro de um policial civil que estava se preparando para trabalhar na área de exame. Ele reagiu, um outro policial que estava próximo entrou em luta corporal com o bandido que tentou sacar a arma e aí o policial efetuou o disparo", explicou.
Segundo o delegado, agora as equipes trabalham para identificar o suspeito que fugiu e o que morreu.

Governo de MG diz que 88% dos servidores receberam duas parcelas do salário

Em nota, a Secretaria de Estado de Fazenda informou que o estado trabalha para pagar os últimos 12% 'o quanto antes'