terça-feira, 18 de julho de 2017

Terror sem fim: grupo fortemente armado ataca agências no Norte de Minas

Agência destruída após explosão
Mais uma vez bandidos fortemente armados impuseram o terror a uma cidade do interior de Minas. Desta vez, moradores de Grão Mogol, no Norte do Estado, acordaram na madrugada desta terça-feira (18) com barulho de explosões e troca de tiros, quando grupo de criminosos atacou agências do Bradesco e dos Correios.


De acordo com a Polícia Militar, testemunhas disseram que cinco homens faziam parte do bando. Os suspeitos cercaram a agência bancária, arrombaram e explodiram os caixas eletrônicos numa ação coordenada. Na agência dos Correios, o cofre foi levado pelos bandidos.

Durante a ação, a polícia interveio e houve troca de tiros, mas os suspeitos fugiram de carro no sentido das cidades de Josenópolis e Padre Carvalho, ambas no Norte de Minas.

As policias Civil e Militar de Montes Claros realizam operação na região na tentativa de localizar suspeitos. Até o momento, ninguém foi preso. A corporação informou que nenhum morador ficou ferido. As agências do Bradesco e dos Correios ficarão sem atendimento à população. 

Terror sem fim

Este foi o segundo caso de explosão de agência bancária em menos de 24 horas no Norte de Minas. Na segunda-feira (17), moradores de Ibiaí também foram surpreendidos com várias explosões durante ataque a uma agência bancária da cidade.

Na ação criminosa, dois frentistas foram feitos reféns. Os suspeitos fugiram com cerca de R$ 22 mil em dinheiro. Dois homens de 19 e 23 anos foram presos tentando fugir em uma motocicleta. A dupla foi reconhecida por testemunhas como participantes da ação criminosa.

Estratégias

De janeiro a junho deste ano, 83 ataques a caixas eletrônicos foram registrados em Minas. No mesmo período de 2016 foram 127 ocorrências, uma redução de 34%.

A PM informou que outras estratégias têm sido adotadas diante dos novos casos registrados. Segundo a corporação, dentre elas está o reforço de policiais nos destacamentos e pelotões do interior, além da utilização do serviço de inteligência.

Mais de 700 novas viaturas foram entregues a cidades do interior neste ano. Troca de armamento e ampliação das equipes que mapeiam as rotas de bandidos também estão dentre os investimentos, segundo o major.

Histórico

No último dia 10, moradores de Santa Margarida, na Zona da Mata, passaram momentos de terror após um grupo fortemente armado roubar um banco, fazer reféns e matar duas pessoas.

No dia seguinte, em uma ação rápida e ousada, bandidos cercaram as casas de policiais e o quartel em Matias Cardoso, no Norte de Minas, para, em seguida, atacar uma agência do Bradesco.

No dia 13, uma agência bancária de Coromandel, no Alto Paranaíba, foi destruída por pelo menos 10 bandidos. Na ocasião, os criminosos trocaram com a PM.
Hoje em Dia

Governo de MG diz que 88% dos servidores receberam duas parcelas do salário

Em nota, a Secretaria de Estado de Fazenda informou que o estado trabalha para pagar os últimos 12% 'o quanto antes'