quarta-feira, 21 de junho de 2017

PM faz cerco para encontrar quadrilha que provocou terror em Salinas

Dois veículos usados na ação foram encontrados em uma plantação de eucalipto próximo a BR-251, estrada que liga o estado a Bahia
O cerco continua na Região Norte de Minas Gerais para tentar a captura de criminosos que promoveram um terror na madrugada desta quarta-feira em Salinas. Ao menos 10 homens armados com fuzis participaram da ação de explosão a caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal. Dois carros utilizados no crime foram encontrados abandonados próximo ao município.

Os automóveis foram abandonados no meio de uma plantação de eucaliptos às margens da BR-251, rodovia que liga até a Bahia. O Corolla e um HB 20 foram apreendidos pela Polícia Militar (PM), que continua com operação para tentar prender os criminosos. A Polícia Civil já começou as investigações do caso. “O pessoal está fazendo as apurações iniciais. A perícia já esteve no local. Aqui na região foi a primeira ação deste ano”, explicou o delegado João Marcos de Almeida.

O crime ocorreu por volta de 2h30 da madrugada. A agência da Caixa ficou completamente destruída com a explosão. Ainda não é possível confirmar se os bandidos conseguiram levar alguma quantia em dinheiro dos caixas que foram destruídos. Áudios divulgados por moradores no Whatsapp revelam o barulho e o medo provocados pelos tiros.

O bando ainda tentou invadir a agência do Banco do Nordeste, mas como os vidros eram blindados eles não conseguiram entrar. Segundo a PM, os militares chegaram ao local e observaram dois veículos em alta velocidade, sendo um Corolla e um Cruze, ambos brancos. Nesse momento, houve troca de tiros. 


Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...