quarta-feira, 21 de junho de 2017

Pimentel diz que denúncia da JBS sobre repasses para sua campanha é "uma fantasia completa"

Governador vistoria bases móveis da PM (foto: Manoel Marques/Imprensa MG)


O governador Fernando Pimentel (PT) disse hoje que a delação dos executivos da JBS sobre um repasse de R$ 30 milhões que teria sido feito pelo grupo à sua campanha ao governo do estado em 2014 é “uma fantasia completa”. 
Em depoimento a Procuradoria-Geral da República, o empresário Joesley Batista disse que repassou o valor a Pimentel por meio da compra de um percentual das cotas do estádio do Mineirão, concedido à inciativa privada para ser reformado e administrado para a Copa do Mundo.

“Isso aí é uma invenção, uma fantasia completa, não tem nada disso. Não houve pedido nenhum. Ele está tratando de uma operação comercial normal. Houve uma venda de uma parte de um contrato de concessão que ele comprou, a JBS comprou, e agora está fazendo denúncia que não se sustenta”, disse Pimentel, durante visita à Diretoria de Apoio Logístico da Polícia Militar. 

O governador também falou sobre as denúncias feitas contra ele pela PGR na Operação Acrônimo, que investiga sua campanha ao governo do estado e também irregularidades que teriam sido cometidas durante o tempo em que ele foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio do governo Dilma Rousseff. “Nós vamos aguardar o que a Justiça vai fazer, estamos nos defendendo. É outra operação eivada de irregularidades, de ilegalidades”, assegurou o governador. 

Pimentel vistoriou na manhã de hoje os veículos que farão parte do programa que destinará 86 bases móveis de Patrulhamento Ostensivo da capital. Eles serão entregues à população nas próximas semanas. Segundo o governador, esse novo modelo de policiamento já foi testado pela PM com bons resultados. 

“Vamos ter 86 bases móveis operando na capital a partir de agosto. A base ficará instalada em um ponto estratégico da região, dentro do bairro. Haverá uma base a cada quatro quilômetros quadrados da cidade, com dois policiais militares fixos e mais dois em motocicletas rodando a área, com comunicação por rádio e comunicação visual pelas câmeras do Olho Vivo e da BHTrans, dando uma cobertura muito eficiente para a população”, afirmou
EM

Dez pessoas são presas em operação contra o tráfico no Cabana

Além dos detidos, PM apreendeu quase R$ 100 mil em espécie