quarta-feira, 14 de junho de 2017

Paulistas que iam para rave são presos com drogas sintéticas na BR-381

sintéticas

Além de maconha, também foi encontrado haxixe, ecstasy e micropontos de LSD; os suspeitos não tinham antecedentes criminais
Mal teve início a operação do feriado de Corpus Christi da Polícia Rodoviária Federal (PRF), e uma abordagem de rotina terminou com três jovens de São Paulo presos com diversas drogas sintéticas na BR-381, em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. O trio afirmou que iria para uma festa rave em uma cachoeira de Ipoema, distrito de Itabira, na região Central do Estado, e a polícia suspeitam que eles pretendiam vender as drogas no evento. 
O agente Alessandro Pereira conta que eles faziam abordagens de rotina por volta das 10h30 quando o Mitsubishi Lancer Evolution foi parado no posto da corporação. "Pegamos os documentos e já percebemos que haviam alguns vestígios de maconha. Com isso resolvemos fazer buscas e encontramos pequenas porções de maconha e muito dinheiro com eles. A partir daí iniciamos uma busca mais minuciosa no carro e achamos toda a droga escondida no painel do veículo", relatou. 
Questionados sobre para onde estava indo, os suspeitos afirmaram que iriam para uma rave na cachoeira Alta, do distrito de Itabira. "Tinha muito haxixe já separado em doses menores, pronto para consumo, ecstasy e alguns micropontos de LSD. Este haxixe é uma pasta feita à base de maconha que, até onde sabemos, eles iriam ingerir por ingestão oral, comendo mesmo", explicou o agente Pereira. 
O trio alegou que toda a droga, que ainda não foi pesada pela PRF, seria para consumo pessoal. "Pela quantidade e pelo tanto de dinheiro que eles traziam, acreditamos que eles venderiam estas drogas na festa", finalizou. Foram presos um desenhista de 21 anos, um DJ de 32 e um comerciante de 23. Eles não tinham passagem pela polícia. 
Os policiais ainda fazem buscas no carro para tentar encontrar mais drogas. Os materiais e o trio serão levados para a delegacia de plantão de Sabará.