quinta-feira, 1 de junho de 2017

Homem é suspeito de espancar filho de 1 ano

Google Street View

O pai, de 30 anos, disse que o menino caiu da cama, porém, no hospital foi constatado que ele apresentava ferimentos no rosto, orelhas, pernas, tórax e couro cabeludo
É procurado pela Polícia Militar (PM) de Juiz de Fora, na Zona da Mata, um homem de 30 anos que é suspeito de ter espancado o próprio filho, de apenas 1 ano, nesta quarta-feira (31). As agressões foram descobertas pela mãe da criança, de 19 anos, quando ela chegou em casa do trabalho. 
A corporação foi acionada por volta das 20h30 no Hospital de Pronto-Socorro da cidade. A jovem contou que, assim que chegou percebeu que o menino estava machucado e, ao ser questionado, o pai afirmou que ele teria caído da cama. A mãe acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que levou os pais e a criança até a unidade de saúde. 
Enquanto o garotinho era atendido, o suspeito permaneceu esperando na entrada do hospital. A médica constatou que menino tinha lesões no rosto, orelhas, pernas, tórax e inchaço no couro cabeludo, ferimentos incompatíveis com a suposta queda da cama, acionando o Conselho Tutelar e a PM imediatamente.
Entretanto, o suspeito acabou fugindo assim que percebeu uma movimentação diferente na unidade de saúde. Buscas foram realizadas para tentar prender o pai, porém, ele ainda não foi localizado. A conselheira acompanhou a criança e a avó materna até a delegacia, onde ela passou por exame de corpo delito. 
O Conselho Tutelar se comprometeu ainda a levar o menino novamente ao hospital para que ele continuasse em observação, juntamente com a mãe, e, depois disso, encaminhar a criança para a casa da avó. A mãe deverá ainda retornar à delegacia para dar continuidade na investigação.