quarta-feira, 5 de abril de 2017

Jovem (BANDIDO) confessa homicídio, é solto e família debocha da PM: "cachorrinho do governo"

Resultado de imagem para Jovem confessa homicídio, é solto e família debocha da PM: "cachorrinho do governo"

De acordo com a polícia, o crime foi premeditado; irmã do suspeito debochou do caso e gritou "Liberdade cantou, seu cachorrinho do governo", ao deixar a delegaciaUm menor de 17 anos, preso na última sexta-feira (31), em Valparaíso, foi liberado quatro horas depois da detenção. A irmã do suspeito gritou "Liberdade cantou, seu cachorrinho do governo" ao deixar a delegacia. O adolescente, que não teve o nome divulgado, confessou o crime. Ele também é suspeito de ter matado outras duas pessoas e já tinha uma passagem por tráfico de drogas. O crime ocorreu oito dias antes e foi presenciado pela esposa da vítima. Segundo a polícia, não houve flagrante e não há nenhum mandado de segurança contra o menor, por isso ele foi liberado. "O único procedimento é fazer inquirição formal e liberar", disse o delegado Rafael Abrão.

William Pereira da Silva, 54 anos, foi atingido por balas ao sair de uma distribuidora de bebidas perto do parque São Bernardo, em Valparaíso. O crime teria sido motivado por um desentendimento anterior entre a vítima e o culpado. De acordo com a polícia, o crime foi premeditado; o culpado teria comprado a arma com o plano de abordar da Silva. 

Governo de MG diz que 88% dos servidores receberam duas parcelas do salário

Em nota, a Secretaria de Estado de Fazenda informou que o estado trabalha para pagar os últimos 12% 'o quanto antes'