terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Suspeitos de matar cabo da PM são presos em Felixlândia


Dois homens suspeitos de matar um cabo da PM em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foram presos na manhã desta terça-feira (10), em Felixlândia, na Região Central do Estado. Segundo a Polícia Militar, o Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) foi acionado para reforçar a operação na cidade. 

O cabo da polícia Militar, Anderson Heráclito Gaspardine, de 43 anos, morreu na noite dessa segunda-feira (9) no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Ele estava internado há seis dias depois de levar um tiro na cabeça durante um assalto no Bairro Cristina, em Santa Luzia. 
Na última terça-feira (3), o policial estava de folga em casa. Por volta das 21h30, a cunhada dele parou na avenida Joaquim Lourenço de Oliveira, perto da casa dele. Ela estava acompanhada por outras duas pessoas que entraram na casa. Sozinha, ela foi abordada por dois homens, que anunciaram o assalto. Nesse momento, o militar viu que ela estava sendo assaltada. Buscou então a arma e saiu novamente, ordenando que os ladrões deitassem no chão. Mas um dos bandidos atirou contra o militar, que foi atingido na cabeça. 
Ele foi levado por moradores para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do São Benedito, na Região Metropolitana, mas foi transferido de helicóptero para o HPS João XXIII. Na ocasião, um suspeito de 20 anos foi levado para prestar depoimento. Mas foi liberado.