domingo, 22 de janeiro de 2017

PSDB trabalha para convencer Anastasia a se candidatar a governador em 2018

Resultado de imagem para anastasia psdb
O PSDB de Minas Gerais trabalhará neste ano com os olhos em 2018. O objetivo é a retomada da cadeira de governador, que hoje é ocupada por Fernando Pimentel (PT). O pleito ainda está longe, mas o nome do senador Antonio Anastasia é o preferido por lideranças tucanas de todo o Estado para disputar o posto.
Visto como nome natural para o cargo, as conversas para convencê-lo a sair como candidato já começaram. Porém, fontes da legenda garantem que essas articulações estão sendo feitas sem pressionar o político, já que “esse tipo de abordagem não se aplica a ele”.
O cuidado em relação às negociações pode ser explicado por um episódio recente. O PSDB queria que Anastasia fosse candidato à Prefeitura de Belo Horizonte, mas ele se recusou a atender o pedido, entre outros motivos, porque não queria deixar seu mandato de senador, que só termina em 2023, no meio do caminho.
“Esperamos que o senador possa aceitar o convite. As negociações continuam, mas temos muito tempo ainda. Fato é que teremos um cabeça de chapa forte. Nós vamos vencer”, declarou um interlocutor que ainda disse que aliados do PP – como o ex-deputado estadual Dinis Pinheiro – podem se filiar ao PSDB com a esperança de sair como candidato ao governo de Minas.
Uma fonte ainda ressaltou que, neste ano, o PSDB está focado em expandir a “força política” da legenda em Minas. “Claro que o senador Antonio Anastasia como candidato é um objetivo. Mas, além disso, estamos focando os trabalhos em conquistar e fortalecer nossas bases eleitorais para que, independentemente de quem seja o candidato, o partido esteja forte e consiga os votos necessários para tirar os petistas do poder”, disse.
Anastasia é visto por seus pares como o nome ideal para o cargo. Entre os motivos citados estão seu perfil sensato, a experiência como governador e o fato de ele dificilmente estar envolvido em polêmicas. “É um dos nomes de mais respeito do PSDB. É ponderado, tem conhecimento das leis, não se envolve em confusão nunca e é admirado por todos do partido”, afirmou um interlocutor. (Fransciny Alves)

Governo de MG diz que 88% dos servidores receberam duas parcelas do salário

Em nota, a Secretaria de Estado de Fazenda informou que o estado trabalha para pagar os últimos 12% 'o quanto antes'