quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

PCC e CV estão prestes a se tornar cartéis internacionais, diz site

Temer

Publicação afirma que presidente da República, Michel Temer, já foi informado sobre situação, contudo os órgãos competentes não comentam assunto em público
As organizações criminosas intituladas Primeiro Comando da Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV) estão prestes a se tornar cartéis internacionais do tráfico de droga, conforme reportagem de Tales Faria, jornalista do portal de notícias Poder 360.
Na matéria publicada nessa terça-feira (10), o repórter afirma que o governo não fala em público sobre o assunto, mas já estaria de posse de informações que mostram que o domínio dessas facções é assustador. 
A briga entre os grupos, segundo a publicação, vai além das grades de presídios brasileiros e dos limites dos Estados do país, ultrapassando a fronteira do Brasil. Os líderes desses grupos estariam, agora, brigando pelo domínio da produção, distribuição e venda de entorpecentes em países vizinhos. 
No Paraguai, Equador, Peru, Colômbia e Venezuela, por exemplo, a briga pelo domínio do tráfico do PCC e do CV é com os traficantes locais. A preocupação maior está volta para tentar impedir que isso ocorra, caso contrário será quase que impossível evitar o trânsito de drogas ao longo dos 16.886 km de fronteiras entre Brasil e outros países sul-americanos. 
A publicação do site Poder 360 afirma, ainda, que o presidente Michel Temer (PMDB) já teria sido informado sobre  a situação. Contudo não teria recursos financeiros suficientes para tentar evitar a situação. 
Leia a reportagem completa, clicando aqui

Governo de MG diz que 88% dos servidores receberam duas parcelas do salário

Em nota, a Secretaria de Estado de Fazenda informou que o estado trabalha para pagar os últimos 12% 'o quanto antes'