quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Empresário reage e é morto a tiro durante assalto em Pitangui

pitangui, empresario, loja

Suspeito fugiu sem levar nada; comerciante era muito conhecido na cidade; vítima vendia celulares no centro; demais lojistas prometem fechar as portas a partir das 12h desta quinta, em luto e protesto pelos constantes crimes
Um empresário de 35 anos foi morto com um tiro, durante um assalto em sua loja, no centro de Pitangui, na região Central de Minas Gerais, nessa quinta-feira (18). O crime chocou a cidade, onde a vítima era muito conhecida.
Testemunhas contaram à Polícia Militar (PM) que um homem, armado e usando um capacete branco, entrou na loja, que fica na rua Lacerdino Rocha, e jogou uma bolsa preta para que as pessoas que estavam no local - funcionários e clientes - recolhessem os celulares do comércio. Flávio Álvares Valério, o proprietário, estava entre este grupo de pessoas. Durante todo o tempo, o suspeito agredia as vítimas com coronhadas e empurrões. Em um certo momento, Valério reagiu ao crime e o suspeito atirou contra ele. 
Assustado, o homem fugiu por uma escadaria ao lado do comércio e subiu em uma moto, com condutor, que já o aguardava nas proximidades. O criminoso fugiu, sem nada roubar, e, até o momento, não foi localizado.
A vítima não resistiu ao ferimento e morreu. Valério era casado e deixa dois filhos de 1 anos. O comércio alvo da tentativa de assalto tem como carro chefe os celulares, mas também trabalha com diversos eletrônicos.
Luto e protesto
Os comerciantes de Pitangui prometem fechar as portas de seus estabelecimentos nesta quinta-feira (19) às 12h e só voltar a abrir nesta sexta-feira (20), como forma de demonstrar luto e também para protestar contra os constantes crimes na cidade.
O empresário assassinado era muito querido na cidade, que está comovida com sua morte, e lota o velório municipal, desde às 6h. Valério será sepultado às 17h.
"Era um cara gente boa, novo. Está todo mundo louco aqui, todo mundo conhecia ele", lamentou o morador Jacinto Medina Filho, 55.
No próximo sábado (21), Valério e a mulher fariam uma festa para comemorar os 2 anos dos seus filhos gêmeos.
Pelas redes sociais, a população pede paz para o município e compartilha uma imagem com a foto de Flávio Valério.