terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Deputado protocola denúncia ( no MP) e quer ressarcimento de gastos

Sargento Rodrigues
O deputado estadual Sargento Rodrigues (PDT) manteve o posicionamento mesmo após a decisão do governador Fernando Pimentel (PT) de processá-lo. O parlamentar protocolou nessa segunda-feira (2) no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) uma denúncia contra o governador.


Além disso, ele prepara ação para pedir o ressarcimento do valor gasto com recurso público para viabilizar o voo de Pimentel até a cidade de Capitólio e o retorno à capital. O deputado não soube informar o valor que ele pretende que seja ressarcido pelo governador. “Terei imenso prazer em responder judicialmente, pois estava no exercício do meu dever como parlamentar de fiscalizar os atos do Poder Executivo. O governo deveria saber que essa é uma obrigação dos deputados” afirmou o parlamentar ao saber da decisão de Pimentel.

De acordo com Sargento Rodrigues, o uso do helicóptero nas circunstâncias mostradas no vídeo configura crime de improbidade administrativa. “O artigo 10 da Lei 8.429/92 é claro e diz que constitui ato de improbidade administrativa o que causa lesão ao erário qualquer ação ou omissão, dolosa ou culposa, que enseje perda patrimonial, desvio, apropriação, malbaratamento (vender com prejuízo) ou dilapidação dos bens do poder público. Então houve irregularidade”, diz. 
O Tempo

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...