segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

'Preocupação é evitar o colapso do serviço', avisa Pimentel sobre escala de pagamento


Pimentel reafirma que situação do Estado é muito difícil (Verônica Manevy/Imprensa MG)

A escala que parcela os salários dos servidores públicos de Minas Gerais será mantida em 2017. A informação é do governador Fernando Pimentel, que confirmou também o cronograma do pagamento para o 13º salário.
“Nós vamos pagar metade do 13º salário no dia 22 (de dezembro) e outra metade vamos pagar uma parte em janeiro e outra em março, para os salários mais altos. Até janeiro 95% dos servidores terão recebido a totalidade do 13º salário”, detalha.
Pimentel ressalta que a preocupação do governo é evitar que o Estado entre em colapso, como ocorreu com o Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.
“O que eu mais gostaria é normalizar (o pagamento) agora e não no ano que vem, mas está muito difícil. A situação do Estado é, de fato, de enorme dificuldade. Nós decretamos calamidade financeira por causa disso. Outros estados já entraram em colapso definitivo, casos do Rio e Rio Grande do Sul. Nós estamos evitando e vamos evitar. Nossa maior preocupação é justamente isso: evitar o colapso do serviço público. Queremos continuar prestando serviços de boa qualidade. Para isso, a gente teve que adotar essa escala de salários dos servidores e, infelizmente, vamos ter que manter”, destacou.