segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Homem que agrediu segurança em MG tem prisão preventiva decretada

Homem agrediu segurança de clube de Três Corações, MG, neste sábado (17); na imagem, momento em que ele dá um soco no rosto da vítima de 23 anos (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Marido de delegada, comerciante de 34 anos foi autuado por lesão corporal.
Mulher trabalha em clube da cidade; agressão aconteceu no sábado (17).

O homem que agrediu a segurança de um clube em Três Corações (MG) neste final de semana teve a prisão preventiva decretada neste domingo (18) pelo juiz Rodrigo Heleno Chaves. O comerciante Luiz Felipe Neder Silva, de 34 anos, foi detido no sábado (17) após ser flagrado dando socos e pontapés em uma mulher que prestava serviço de segurança no clube onde foi comemorar o aniversário de um amigo.
Segundo a Polícia Civil, ele permanecia na penitenciária da cidade nesta segunda-feira (19). Dois inquéritos foram abertos para investigar o caso, um por lesão corporal contra a segurança e outro enquadrado na Lei Maria da Penha, para apurar as agressões contra Ana Paula Kich Gontijo, de 44 anos, companheira do comerciante e delegada na Delegacia da Mulher da cidade, que foi agredida minutos antes da segurança.
Edvânia Nayara Ferreira Rezende, de 23 anos, estava em horário de trabalho quando se deparou com uma briga de casal. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o comerciante discutia e agredia fisicamente a esposa. Em determinado momento, a delegada jogou a chave do carro para a segurança, que, na sequência, passou a ser agredida pelo homem.
Repercussão
Imagens da agressão foram divulgadas na internet e causaram manifestações de apoio à vítima das agressões em todo o país. Neste domingo, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), chegou a se pronunciar sobre o caso em sua página em uma rede social.

Postagem Fernando Pimentel, Três Corações, Edvânia Nayara (Foto: Reprodução/Facebook/Fernando Pimentel)
Governador Fernando Pimentel fez postagem em
apoio à guarda agredida
(Foto: Reprodução/Facebook/Fernando Pimentel)
"Toda a minha solidariedade a Edvânia, jovem agredida violentamente por um covarde em Três Corações. Como Edvânia, que cumpria bravamente seu papel como agente de segurança, cerca de 130 mil mulheres em Minas Gerais sofrem com a violência de gênero. Temos de colocar fim a essa triste, lamentável e doída estatística", escreveu. "Como fez a Edvânia, é preciso denunciar, registrar o boletim de ocorrência, para garantir que casos como esse sejam cada vez mais coibidos. Procure uma delegacia da mulher ou denuncie, de forma anônima, pelo Disque 100. Isso vale também para os homens."
Postagem Felipe Neto, Três Corações, Edvânia Nayara (Foto: Reprodução/Facebook/Felipe Neto)
Youtuber Felipe Neto pediu em sua página que
agressor fosse punido
(Foto: Reprodução/Facebook/Felipe Neto)
O blogueiro de moda Hugo Gloss também fez uma postagem em sua página oficial no Facebook pedindo que o agressor fosse preso. O youtuber e blogueiro Felipe Neto divulgou o vídeo em sua página oficial no Facebook relatando a agressão e manifestando revolta pelo que aconteceu.
Entrevista Edvânia
Em entrevista ao G1Edvânia relembrou a agressão sofrida. Ela se tornou segurança há um mês e disse nunca ter imaginado enfrentar uma situação como a vivenciada no clube onde trabalhava.

"Quando ele veio para cima de mim, eu fiquei com medo. Tanto que eu encostei no carro e foi por isso que ele conseguiu me acertar. Eu não tinha para onde fugir. Mas quando eu caí no chão, eu queria voar nele. Eu só não parti para cima dele porque não deixaram", contou. "Não importa se ele estava bêbado. Não tem como justificar o que ele fez. Ele não merece perdão", afirmou sobre o agressor, que foi autuado pela Polícia Civil por lesão corporal.
Além de agredir Edvânia, um motorista de 30 anos também teria levado um soco na boca do comerciante, ao tentar contê-lo.
G1 tentou contato com algum representante de Luiz Felipe Neder Silva, mas não obteve retorno até esta publicação. Na Polícia Civil, ninguém quis comentar sobre as investigações. Neste domingo, a equipe de reportagem da EPTV encontrou a delegada Ana Paula Kich Gontijo, logo que ela passou pelos exames de corpo de delito, mas ela não quis dar entrevista.
As agressões aconteceram no Clube Atalaia, que é ligado ao Exército e fica em uma Vila Militar. A direção preferiu não comentar o caso e a segurança no local foi reforçada nesta segunda-feira.
Edvânia Nayara Ferreira Rezende em foto tirada logo após ser agredida no clube onde trabalhava neste sábado (17) em Três Corações, MG: Quero justiça (Foto: Arquivo pessoal/Edvânia Nayara)Edvânia Nayara Ferreira Rezende em foto tirada logo após ser agredida no clube onde trabalhava neste sábado (17) em Três Corações, MG: 'Quero justiça' (Foto: Arquivo pessoal/Edvânia Nayara)http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2016/12/homem-que-agrediu-seguranca-em-mg-tem-prisao-preventiva-decretada.html