segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Torcedor é esfaqueado após partida entre Boa e Guarani em Varginha, MG

Torcida do Guarani atirou objetos no gramado do estádio do Melão em Varginha, MG, neste sábado (5) (Foto: Rodrigo Villalba/GE)

Vítima é de Campinas (SP) e foi levada para Hospital Bom Pastor.
Final da Série C do Campeonato Brasileiro foi marcada por briga de torcida.


A Polícia Civil de Varginha (MG) investiga as agressões sofridas por um torcedor do Guarani, que levou uma facada nas costas na noite deste sábado (5), durante uma confusão após o término da partida da equipe de Campinas (SP) contra o Boa Esporte no Estádio Municipal Dilzon Melo, o Melão, em Varginha (MG). Eduardo Capelloza permanecia internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Bom Pastor neste domingo (6).
Segundo os boletins de ocorrência registrados pela PM, integrantes da torcida do Bugre, como o Guarani é conhecido, se envolveram em uma briga por volta das 20h30. Eletrodomésticos do bar que ficava ao lado dos torcedores, sinalizadores, latas e garrafas teriam sido arremessados contra a polícia e a torcida da equipe da casa, que venceu por 3 a 0 e levou o título da Série C do Campeonato Brasileiro.
Melão passará por perícia
Ainda conforme a PM, foram usados gás lacrimogêneo e balas de borracha para conter a briga, que continuou no entorno do estádio. Os ônibus da torcida do Guarani tiveram que ser escoltados até a Rodovia Fernão Dias.

A polícia também informou que o Melão ficou depredado. Pelo menos seis catracas foram quebradas. Vasos, pias, trincos, portas e lixeiras dos banheiros também teriam sido arrancandos e jogadas nas arquibancadas.
Neste domingo (6), o hospital informou que o torcedor bugrino não corria risco de morte. O  quadro de saúde da vítima, que é natural de Campinas, é considerado estável.
O estádio deve passar por uma perícia da Polícia Civil ainda neste domingo. O secretário de Esporte de Varginha, Milton Borges, informou que vai acompanhar os trabalhos.
Jogadores do Guarani entraram em confronto com a PM após o final do jogo contra o Boa Esporte em Varginha, MG, pela final da Série C do Campeonato Brasileiro (Foto: Murilo Borges/GE)Jogadores do Guarani entraram em confronto com a PM após o final do jogo contra o Boa Esporte em Varginha, MG, pela final da Série C do Campeonato Brasileiro (Foto: Murilo Borges/GE)
Jogadores criticam ação da PM
Ao Globo Esporteo jogador do Guarani José Fernando Fumagalli criticou o trabalho da PM. Ele se manteve afastado do tumulto e falou com a polícia. "Atiraram no meio da nossa torcida. Eles estão aqui para dar segurança para nós e para todos os torcedores, mas eles estão totalmente despreparados. Isso não pode acontecer", afirmou.

O presidente do Bugre, Horley Senna, teve o rosto atingido por spray de pimenta quando tentava afastar da PM jogadores que entraram no meio da confusão. "É um abuso de autoridade o que a Polícia Militar está fazendo com a torcida do Guarani", declarou.
Neste domingo, a equipe de Campinas informou, por meio de seu site oficial, que um médico da equipe e um repórter que trabalha para o Guarani, também ficaram feridos.
Diretor de futebol do Boa Esporte, Rildo Moraes, chegou a conversar com torcedores durante intervalo de partida pela final da Série C do Campeonato Brasileiro, em Varginha, MG; Boa venceu o Guarani por 3 a 0 neste sábado (5) (Foto: Régis Melo/GE)
Diretor de futebol do Boa Esporte, Rildo Moraes, chegou a conversar com torcedores da equipe
(Foto: Régis Melo/GE)









Torcidas trocaram provocações durante jogo
Ainda no intervalo antes do segundo tempo, quando a partida estava em 2 a 0, um princípio de briga também foi registrado entre as torcidas do Boa e do Guarani. O diretor de futebol da equipe varginhense, Rildo Moraes, chegou a conversar com os torcedores na arquibancada e conseguiu controlar os mais exaltados.

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...