segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Sedes alternativas


Sempre que pode, o governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), critica os gastos de construção da Cidade Administrativa, que foi idealizada e inaugurada no governo do senador Aécio Neves (PSDB). Sabidamente, o petista não gosta do local.
O que pouca gente sabe é que, na maior parte da semana, o próprio governador e parte de seu secretariado não despacham lá. Pimentel, constantemente, recebe visitas no Palácio da Liberdade, que fica na região Central da capital. Já os secretários utilizam os prédios do Estado, como o do antigo Bemge e do BDMG. Reuniões e despachos com deputados estaduais, por exemplo, raramente são feitos na Cidade Administrativa. São sempre realizados nesses “endereços alternativos”.
http://www.otempo.com.br/hotsites/aparte

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...