sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Suspeitos de tráfico de drogas e aliciamento são presos em Uberlândia

Carro que os suspeitos utilizavam em Uberlândia (Foto: Reprodução/MGTV)

Um dos presos disse ser dono de casa de prostituição em Patos de Minas.
Arma do exército argentino foi apreendida com os suspeitos.

A Polícia Civil de Uberlândia prendeu, na noite desta quinta-feira (4), três homens, de idades não informadas, suspeitos de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e aliciamento. Eles são dePatos de Minas, no Alto Paranaíba, e estariam na cidade vizinha para negociar um carro roubado.
A polícia chegou aos homens depois de desconfiar de um carro parado em frente a uma casa de prostituição, no Bairro Bom Jesus. “Os investigados falaram que era um veículo fino, mas nós acreditamos que seja uma caminhonete furtada que provavelmente seria usada para trocar por drogas”, explicou o delegado Daniel Azevedo Batista.
Com detidos foram apreendidos um carro, celulares, cerca de 900 gramas de pasta base de cocaína e uma pistola nove milímetros do Exército argentino. “Em Uberlândia nós concluiremos o inquérito de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e, se por ventura o juiz entender que há uma conexão probatória ele pode distribuir esse inquérito posteriormente para Patos de Minas, mas nós iremos concluir as investigações de tráfico aqui”, explicou o delegado.
Uma outra atitude que chamou a atenção dos policiais foi que um dos presos se disse dono de uma casa de prostituição em Patos de Minas e afirmou que estaria em Uberlândia para fazer o aliciamento de mulheres para trabalhar no Alto Paranaíba. Aliciar mulheres para a prostituição, facilitar, manter uma casa de prostituição é crime, de acordo com a lei.
“Nós temos que averiguar e mandar para Patos de Minas porque, em tese, a manutenção da casa de prostituição ocorre lá. Portanto, assim que nós extrairmos cópia do inquérito encaminhado eles deverão iniciar uma investigação nesse sentido naquela cidade”, afirmou Batista.
O carro que foi apreendido está no nome de uma mulher que foi presa em Patos de Minas, durante uma operação que investigava o tráfico de drogas na cidade. Essa prisão acabou ajudando nas investigações dessa quadrilha que agia na região e até em outros estados.

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...