terça-feira, 30 de agosto de 2016

Polícia prende mais dois por matar grávida e arrancar bebê da barriga

grávida

Outras quatro pessoas envolvidas no crime já foram detidas; uma delas é uma enfermeira de 60 anos

A Polícia Civil em Ituiutaba, na região do Triângulo, cumpriu, na noite dessa segunda-feira (29) os mandados de prisão preventiva em desfavor de um jovem de 19 anos e de um homem de 27, suspeitos de envolvimento na morte de Greiciara Belo Vieira, de 19 anos. Grávida de 9 meses, ela foi assassinada e teve o bebê arrancado de sua barriga. 
As prisões em flagrante de outros quatro envolvidos no crime já tinham sido efetuadas pela Polícia Civil, sendo eles: uma mulher, de 30 anos, que teria encomendado a morte da vítima; um jovem de 22 anos e um outro de 24, além de uma enfermeira de 60 anos .
Segundo as investigações, a vítima foi sequestrada na cidade de Uberlândia pelos suspeitos, que a levaram para o município de Ituiutaba, onde próximo a uma represa foi dopada com a utilização de éter e submetida pela mulher, que tem formação em enfermagem, a uma cirurgia improvisada de cesariana. Em seguida, Greiciara foi envolvida em uma tela, amarrada a uma pedra e jogada na represa.
"Com essas duas novas prisões, a Polícia Civil espera concluir o inquérito policial nos próximos dias, remetendo ao Judiciário com a completa elucidação do bárbaro crime e prisões de todos os envolvidos". 

Governo de Minas admite que ainda não tem dinheiro para pagar o 13º dos servidores neste ano

Em entrevista exclusiva à Rádio Itatiaia, o secretário de Planejamento de Minas Gerais, Helvécio Magalhães, afirmou que a prioridade do go...