quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Paiol da Imbel, empresa de armas e munições, explode em Juiz de Fora

explosão

Com a força da explosão, partes do telhados atingiram imóveis próximos; ninguém ficou ferido

Um paiol da Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel), empresa de armas, explosivos e munições, explodiu no fim da noite dessa terça-feira (16) em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. Ninguém ficou ferido.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, por volta das 23h20 foi ouvida a primeira explosão. Com a força dela, telhados foram totalmente danificados e arremessados. Pedaços dessas coberturas atingiram imóveis próximos, como algumas casas e uma agência bancária do bairro Araújo.
No momento do acidente, apenas seguranças trabalhavam na Imbel, mas estavam longe do local. Estiveram na empresa dez bombeiros, policiais militares e uma equipe do Exército. O incêndio foi controlado em dez minutos.

Após o combate, o paiol foi isolado e um drone usado para monitorar a área. Na manhã desta quarta-feira (17), bombeiros já retornaram à empresa para fazer o rescaldo. A Defesa Civil também foi acionada.
Em um depósito houve vazamento de ácido sulfúrico, o que provocou um princípio de incêndio rapidamente controlado pelos bombeiros. O produto químico foi colocado em uma bacia de contenção e, posteriormente, será retirado do local por técnicos. 
As causas da explosão serão investigadas.
Nenhum representante da Imbel foi localizado para comentar o caso.O Exército Brasileiro ficou de se manifestar por nota.
Moradores assustados
Os moradores que moram próximo à Imbel passaram por um susto assim que a explosão aconteceu. O funcionário público Alexander Augusto, de 26 anos, contou à reportagem de O TEMPO que ele e a família saíram correndo para a rua.
“A princípio parecia um trovão, mas depois foi intensificando e ouvimos um estrondo. Moro com minha mãe e irmãos e a primeira coisa que fizemos foi ir para rua. Até então, não sabíamos o que estava acontecendo e ficamos com medo da casa ser atingida”, disse o jovem.
Na residência de Augusto não teve nenhum prejuízo, mas alguns vizinhos tiveram janelas quebradas. “A área foi isolada pela polícia e ninguém chega perto. Aparentemente, a situação foi controlada e, graças a Deus, neão teve mortos e feridos”, finalizou. 

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...