terça-feira, 2 de agosto de 2016

Estudante de direito desaparece após sair de escritório em BH

desaparecido, vespasiano

Homem, de 32 anos, teria combinado com familiares de voltar para Vespasiano, no sábado (30) à noite para saírem juntos; ele viajaria para Capelinha, na região do Vale do Jequitinhonha, para atender um cliente na manhã de domingo (31)

Um estudante de direito, de 32 anos, está desaparecido desde a noite do último sábado (30), quando ele esteve no escritório onde trabalha, em Belo Horizonte. Câmeras de segurança do imóvel filmaram Rafael Tadeu Campos Lopes entrando e saindo do local sozinho.
De acordo com familiares, ele estava de manhã com uma prima e com a mãe em um bar perto da casa onde mora, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte. "Estava tudo bem. A gente estava junto e ele foi a Belo Horizonte para verificar uma documentação de um processo, porque ele ia viajar no domingo de manhã para Capelinha (região do Vale do Jequitinhonha). A minha tia falou com ele por volta das 18h e ele viu o WhatsApp a última vez às 19h02. Depois disso, não conseguimos mais contato com ele", contou a prima Karla Campos de Souza, 36.
Ainda, segundo a parente, ele tinha combinado de voltar a Vespasiano para eles saírem juntos à noite. "A mãe dele está muito mal, desesperada. Ele tem uma filha criança e a menina acabou de perder a mãe, morreu há um mês. A menina mora com eles, aí a avó estava tentando não contar. Está muito difícil", revelou.

Rafael estava de chinelo, bermuda jeans e camisa salmão. Ele estava em um Celta preto, que ainda não foi encontrado. A namorada de Lopes registrou o desaparecimento na Polícia Civil, que já começou a fazer buscas por ele.
Quem tiver alguma informação sobre Lopes ou sobre o veículo dele (Celta preto, placa HNQ-4901) pode ligar para 0800 2828 197. Não é preciso se identificar.

Convocação dos excedentes do CFS 2017 - PMMG

Excelentíssimo Senhor Governador do Estado de Minas Gerais. Nós, candidatos ao Curso de Formação de Sargentos da Polícia Militar de M...