sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Atropelamento coletivo mata uma mulher e deixa cinco feridos em festa


Motorista disse à polícia que começou a ser agredido em evento e fugiu do local; duas vítimas foram levadas para o João XXIII em estado grave

Uma cavalgada em Jaboticatubas, na região metropolitana de Belo Horizonte, na noite dessa quinta-feira (4), terminou de forma trágica depois que jovem de 24 anos atropelou seis pessoas. Uma das vítimas, uma mulher de 57 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o crime aconteceu na praça no centro da cidade. O motorista foi abordado na MG-020 no momento em que fugia no sentido Santa Luzia. Ao para o veículo, ele contou aos militares que estava no evento quando começou a ser agredido por dois homens. Ele não soube informar quem seriam os agressores e quais os motivos para as agressões.
Ainda na versão dele, para escapar dos bandidos, subiu em sua L200 e saiu do local. Testemunhas contaram que o homem desceu a rua Benedito Quintino na contramão e em alta velocidade. Todas as vítimas foram levadas para o hospital da cidade, mas Iraci de Ramos morreu na instituição.

Um jovem de 19 anos teve um corte no corpo, um de 24 e uma outra mulher de 37 escoriações. Um homem de 57 teve traumatismo craniano e um de 65 suspeita de bacia quebrada. Devido à gravidade dos casos, os dois foram encaminhados ao Hospital de Pronto Socorro João XXIII, na capital mineira.
O motorista passou pelo bafômetro, mas o equipamento não acusou ingestão de bebidas alcoólicas. Ele foi encaminhado à Delegacia de Plantão de Santa Luzia. 

Dupla rouba carro e bate em viatura em praça do Coração Eucarístico

O veículo foi tomado de assalto no bairro Alípio de Melo, mas os suspeitos foram surpreendidos por uma viatura, tendo início uma perseguiç...