quarta-feira, 27 de julho de 2016

PM prende jovens suspeitos de estelionato e receptação em Ituiutaba

Roupas, celulares e cheques foram apreendidos pela PM em Ituiutaba (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Criminosos compravam pelo WhatsApp usando cartão clonado.
Foram apreendidos sapatos, roupas, celulares e cheques.

Dois jovens, de 19 e 22 anos, foram detidos pela Polícia Militar (PM) de Ituiutaba, na noite desta terça-feira (27), suspeitos de estelionato e receptação. Roupas, cheques, celulares e calçados de marca foram apreendidos. Os criminosos já haviam sido presos por roubos no ano de 2014.

Conforme a ocorrência, os militares chegaram aos suspeitos após uma investigação da Seção de Inteligência da PM, que recebeu denúncias de uma vítima que teve o cartão clonado e também por uma empresa que foi prejudicada pelos jovens.
Segundo os militares, os suspeitos fizeram a compra de dez pares de calçados no valor total de R$ 2.900, no estado do Espírito Santo, por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp. O jovem usou um cartão clonado para finalizar a venda. Após a transação, a dona da conta percebeu o crime e cancelou o cartão. Porém, a encomenda foi entregue aos suspeitos.
Ainda de acordo com a PM, após a denúncia, o número do celular foi rastreado e o proprietário encontrado no Bairro Alvorada. No local, um dos suspeitos correu para dentro da casa e fugiu para um terreno baldio, mas foi detido.
O jovem assumiu a autoria da compra e disse que venderia os materiais adquiridos. Ao fazer buscas pela residência, os militares encontraram 96 peças de roupas, cheques e três celulares. Através de levantamentos, a PM descobriu que os suspeitos usavam um cartão de crédito e débito extraviado para fazer as compras via internet.
Dos dez pares comprados, um dos suspeitos informou à PM que um par foi entregue à sua namorada, três pares vendidos para um comprador em Goiânia e os outros seis pares penhorados a um agiota, sendo estes últimos recuperados pelos militares.
Os criminosos foram detidos e conduzidos à delegacia juntamente com os materiais apreendidos. Lá, eles prestaram depoimento e foram liberados por não terem sido detidos em flagrante. A PM informou ainda que os homens já tem passagens por roubo.

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...