terça-feira, 26 de julho de 2016

Funcionários pedem demissão após serem feitos reféns durante assalto


Em 15 dias, foi a segunda vez que a empresa é alvo de bandidos, em Contagem, na Grande BH
Funcionários de uma empresa de pneus em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, afirmam que vão pedir demissão após terem sido feitos reféns em uma tentativa de assalto no estabelecimento.

De acordo com a polícia, a ação dos bandidos aconteceu no início do expediente. Os assaltantes invadiram um galpão ao lado da loja e fizeram um buraco de acesso na parede. Sete funcionários que já haviam chegado para trabalhar foram rendidos. Uma pessoa conseguiu acionar a polícia.
Quando os militares chegaram no local, o grupo havia carregado um caminhão com pneus de grande porte, que custam em média R$1.600. Outro caminhão aguardava do lado de fora para, também, ser carregado.
Segundo os militares, em frente a empresa havia um veículo de suporte à quadrilha estacionado. Quando perceberam a chegada da polícia, os homens fugiram no carro. Quatro suspeitos foram presos no local. Para o tenente da PM Edgard França, a articulação do grupo faz concluir que o crime foi previamente planejado.
— Um desses criminosos estava falando no celular o tempo inteiro com alguém que estava fora. Inclusive alertando acerca da presença da polícia.
Há quinze dias a empresa já havia sido alvo da ação de bandidos que deram um prejuízo de R$100 mil. Um funcionário que não quis se identificar reclama da criminalidade na região.
— Funcionários que foram feitos reféns aqui, já me adiantaram que não vão continuar na empresa. Tem empresa aqui que tem 12 ocorrências policiais.

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...