segunda-feira, 18 de julho de 2016

CÃES DA MARINHA SÃO TREINADOS PARA REFORÇAR SEGURANÇA NA OLIMPÍADA

caes

ANIMAIS LOCALIZAM E CAPTURAM SUSPEITOS E TAMBÉM FAREJAM EXPLOSIVOS. TREINAMENTO É REALIZADO NO COMPLEXO NAVAL DA ILHA DAS FLORES.

Uma tropa especial da Marinha está recebendo um grande treinamento para atuar durante os jogos olímpicos. Cães treinados para buscar e capturar suspeitos serão usados para reforçar a segurança na Rio 2016. Detalhes da preparação dos animais foram exibidos no Bom Dia Rio desta segunda-feira (18).
Durante o treinamento, um dos homens tenta fugir e o cão de polícia corre atrás dele e o imobiliza, impedindo a fuga. O pastor alemão Scar é dos animais treinados para buscar e capturar suspeitos.
Se o e caso for de artefato explosivo em algum local, a mais indicada é a cadela Berete, que recebeu treinamento especial para a situação. Berete é especialista em encontrar substâncias que podem ser detonadas e vai, no faro, buscando aquele cheiro que ela já conhece bem, até encontrar o que está buscando.
O treinamento é realizado no Complexo Naval da Ilha das Flores, em São Gonçalo, pra acompanhar o treinamento de cães que integram as forças de segurança preparadas para a olimpíada.
“Na verdade, pra eles, é tudo uma brincadeira. Então, pra gente, que levamos a sério, pra eles é tudo uma brincadeira. O que eu faço, começo a colocar aqui o que eu quero que ele encontre, associo à brincadeira, e finjo que escondo. Ali dentro já tem o odor que eu quero”, explica o sargento Roberto Cesar Gonçalves, encarregado da seção de cães.
Outro cão treinado para localizar explosivos é o Bruno, que também vai trabalhar na olimpíada. “Ele indica pra mim o que eu quero, e eu dou pra ele o que ele quer, que é o quê? O brinquedo!”, destaca o sargento.
É um jogo na base do estímulo e da recompensa, conquistados por meio de um forte vínculo entre o homem e o animal. “A amizade é muito importante, trabalha também pra fazer a gente feliz, né?, diz o fuzileiro naval Júnior Gomes.
Os cães são considerados soldados, que cumprem atividades específicas, e grandes amigos também! Por isso, nem só de exercícios é feito um treinamento. O lazer afasta o estresse e quebra a rotina.
“Dentro da rotina que a gente tem de treinamento é necessário um dia pra gente brincar, distrair, socializar, como a gente tá fazendo aqui. É lazer, para ele sair um pouco daquela rotina de trabalho”, destaca o soldado Gabriel Firmino.
A saúde dos cães também passa pela enfermaria. São, em média, três consultas por semana. Cuidados como vermifugação, para ver se o cão não tem vermes, proteção contra parasitas, como as pulgas e os carrapatos, além da integridade dos dentes e olhos são cuidados essenciais que os militares têm com os cães.
Doze combatentes preparados para farejar explosivos durante os jogos olímpicos vão sair do canil do Complexo Naval durante os jogos olímpicos do Rio.

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...