quarta-feira, 22 de junho de 2016

Assaltante capturado culpa crise econômica por crime


Suspeito e comparsa agrediram uma jovem ao tentar levar o carro da vítima, em Contagem
Dois assaltantes foram presos suspeitos de roubar um carro, fugir da polícia e atirar contra uma viatura, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Léo Jaime dos Santos e Cristiano da Silva Oliveira, ambos de 29 anos, culparam a crise econômica do País pela tentativa de roubo.

Segundo Santos, ele e o cunhado estavam procurando uma forma de conseguir mantimentos para os filhos, que passavam fome já que a economia e falta de emprego estão em baixa, atualmente.
— Pela crise que a gente está passando. Ele tem filho, eu tenho filho. Não foi a melhor solução, estamos arrependidos. Mas, infelizmente, foi essa. Como eu tenho antecedentes criminais as portas de emprego são difíceis.
A vítima, uma mulher de 25 anos, foi abordada quando parou o carro próximo a um shopping na região. Eles anunciaram o assalto, chegaram a agredi-la com socos e pontapés. Uma testemunha que viu toda a cena chamou a polícia. 
— Eu não tava com a intenção [de cometer o crime]. Fui dar uma volta. A moça apareceu saindo do carro e nós pegamos ela. (sic)
Os suspeitos fugiram pela BR-040, sentido Ribeirão das Neves. Durante a perseguição policial, eles atiraram duas vezes contra o carro da polícia. Os sueptios perderam o controle do carro ao baterem no meio-fio e ainda tentaram fugir a pé, mas foram capturados.

Comerciante flagra furto e passa coordenadas para PM pelo WhatsApp

O homem estava em um grupo da Rede de Comerciantes Protegidos, que conta com donos de lojas e policiais do 1º batalhão