quarta-feira, 4 de maio de 2016

Polícia Militar recebe bafômetros para operações no interior de MG No total foram distribuídos 100 aparelhos em 44 cidades do Estado. Triângulo Mineiro, Zona da Mata e Centro-Oeste receberam etilômetros.

Lei Seca, bafômetro, Mato Grosso, MT, Cuiabá. (Foto: Reprodução/TVCA)
A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) recebeu 100 novos bafômetros. De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), os equipamentos foram distribuídos em 44 cidades do Estado.
Destes aparelhos, 14 foram entregues em municípios do Triângulo Mineiro, Noroeste de Minas e Alto Paranaíba, dez na Zona da Mata e Campo das Vertentes e quatro na região Centro-Oeste.


A Seds informou ao G1 que os etilômetros serão utilizados nas operações integradas, com o apoio da Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e das guardas municipais. Com os novos aparelhos o Estado completa cerca de 500 bafômetros distribuídos em todas as regiões.
Veja as cidades que receberam os bafômetros:
Zona da Mata e Campo das Vertentes
Barbacena – recebeu dois aparelhos
São João Del Rei – recebeu dois aparelhos
Muriaé – recebeu dois aparelhos
Juiz de Fora – recebeu dois aparelhos
Ubá – recebeu dois aparelhos

Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas
Ituiutaba – recebeu dois etilômetros
Patos de Minas – recebeu dois etilômetros
Uberlândia – recebeu dois etilômetros
Patrocínio – recebeu dois etilômetros
Uberaba – recebeu dois etilômetros
Araxá – recebeu dois etilômetros
Paracatu – recebeu dois etilômetros

Centro-Oeste
Itaúna – recebeu dois bafômetros
Pará de Minas – recebeu dois bafômetros

Segundo a PM, 394 veículos fiscalizados e 31 veículos removidos (Foto: Douglas Júnior/O Estado)
Multa para motorista que beber e dirigir é de
R$ 1.915,30 (Foto: Douglas Júnior/O Estado)
Entenda a Lei Seca
De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito a lei estabelece que, no caso do teste do bafômetro, o limite para que o condutor não seja multado é de 0,05 miligramas de álcool litro de ar.

Para exames de sangue, a resolução estabelece que nenhuma quantidade de álcool será tolerada. A infração para o motorista que for flagrado dirigindo após beber é considerada gravíssima e o valor da multa é de R$ 1.915,30, além de o motorista ficar impedido de dirigir por um ano.
A Lei Seca também prevê que o motorista pode ser punido por crimes de trânsito se o agente verificar sinais que indiquem alteração da capacidade psicomotora.

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...