segunda-feira, 23 de maio de 2016

Livre de interceptações, Whatsapp vira ferramenta para muitos criminosos


O aplicativo de mensagens Whatsapp tem sido cada vez mais usado por criminosos. O alerta é do chefe do Departamento de Operações Especiais (DEOESP), delegado Ramon Sandoli.

Sandoli explica que a principal dificuldade da polícia é a impossibilidade de interceptar as conversar feitas por meio do aplicativo. “A gente não pode esquecer que atrás dessa dificuldade que o estado polícia tem de interceptar as mensagens de texto, de voz e de imagem, os criminosos utilizam essa lacuna para planejar crimes, organizar ações criminosas, combinar execução e até trocar imagens de ações praticadas por eles”, diz o delegado.
Ao contrário do que ocorre com ligações e troca de mensagens via telefone, Sandoli explica que as conversas do Whatsapp não podem ser interceptadas. Tal situação já levou a Justiça a bloquear o funcionamento do aplicativo no Brasil em duas ocasiões.
“O Whatsapp é um aplicativo que tem a administração fora do Brasil. Apesar de a gente ter ordem judicial que determina a intercepção de todas as comunicações mensais do Whatsapp, ela não tem eficacia porque a administração está fora do Brasil. As operadoras daqui não conseguem fazer a interceptação sem que o administrador que está fora Brasil faça isso também, explico o delegado.

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...