sexta-feira, 15 de abril de 2016

Ex-PM é condenado a 18 anos por matar adolescente em protesto Vanderlei Gomes não gostou do barulho na porta de casa e saiu atirando


O policial militar aposentado Vanderlei Gomes da Fonseca, de 72 anos, foi condenado a 18 anos de prisão pela morte de um menino de 12 anos em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte. A decisão do tribunal do júri foi conhecida nesta quinta-feira (14).
Lucas Alcântara voltava da padaria, em junho de 2013, quando passou por um protesto contra a falta de coleta de lixo no bairro. O movimento acontecia na porta da casa do militar, que se irritou com o barulho e saiu atirando.
Os jurados consideraram que Fonseca é culpado por homicídio qualificado. Ele poderá recorrer em liberdade.
O ex-policial chegou a ser preso em um Batalhão da PM, mas foi libertado para fazer tratamentos de saúde. Fonseca já teve problemas com bebida alcoólica e já tinha sido detido por agressão enquanto estava na ativa.


 

Dupla rouba carro e bate em viatura em praça do Coração Eucarístico

O veículo foi tomado de assalto no bairro Alípio de Melo, mas os suspeitos foram surpreendidos por uma viatura, tendo início uma perseguiç...