sexta-feira, 1 de abril de 2016

CRISE POLÍTICA Dilma exonera aliado de Temer da vice-presidência da Caixa Decisão foi publicada na edição desta sexta-feira (1º) do "Diário Oficial da União" e não foi indicado ainda um substituto

Michel Temer
Em reação à decisão do PMDB de desembarcar do governo federal, a presidente Dilma Rousseff exonerou o vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Roberto Derziê de Sant'anna, aliado do vice-presidente Michel Temer.
A decisão foi publicada na edição desta sexta-feira (1º) do "Diário Oficial da União" e não foi indicado ainda um substituto.
Na estratégia de dar mais espaço para partidos aliados na tentativa de evitar a abertura do processo de impeachment, o Palácio estuda oferecer o cargo ou para o PP ou para o PSD, que reivindicam a função.
O vice-presidente da Caixa foi funcionário por mais de 30 anos da instituição bancária e é próximo do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que atuou como vice-presidente de pessoa jurídica entre 2011 e 2013.
No ano passado, a convite de Temer, Sant'anna deixou a entidade financeira para ocupar a secretaria-executiva da Secretaria de Relações Institucionais, quando o peemedebista atuava como articulador político do governo.
Em outubro, por indicação do PMDB, o governo nomeou Sant'anna para o cargo de vice-presidente da Caixa, no qual permaneceu até esta quinta (31).
Nesta semana, foram demitidos peemedebistas em órgãos como Departamento Nacional de Obras contra a Seca e Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).
Réu no processo do petrolão e um dos principais adversários do governo, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), chamou a oferta de cargos de "feirão do petrolão".

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...