segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Polícia investiga sequestro de criança por suposto maníaco na Grande BH Criança foi levada durante a madrugada e reapareceu horas depois; suspeito ainda não foi identificado


Uma menina de cinco anos foi levada de casa enquanto dormia, no bairro Jardim Primavera, na cidade de Mario Campos. Vizinhos dizem que chegaram a ouvi o choro dela em uma mata. A criança reapareceu horas depois, sozinha. A polícia diz que vai investigar o caso.
Já era de madrugada quando a mãe da menina, Geane Ferreira, notou o desaparecimento dela.
— Quando meu marido me falou que ela não estava na cama, eu entrei em desespero.
A porta da casa da família estava aberta e o portão destrancado, mas não havia sinais de invasão. De acordo com a vizinha Adriana Gonçalves, o marido dela ia para o trabalho quando viu um homem subindo a rua com uma criança no colo.

— Quando soube, liguei para ele. Ele me contou que viu um homem com uma criança enrolada em um pano. Não imaginou que pudesse ser um sequestro. Achou que era um pai levando o filho para o hospital, algo assim.
A polícia foi acionada e quando chegou ao local, os próprios vizinhos da família já ajudavam nas buscas pela menina. O operador de máquinas Udson Salviano diz que chegou a ouvir o choro da menina.
— A gente desceu pela mata e escutamos um choro, mas parece que depois alguém tampou a boca dela. Fomos em frente, até uma casa abandonada, mas não achamos nada.
Pouco tempo depois, a menina reapareceu. Ela foi liberada no meio de uma mata e atravessou uma trilha, para chegar em casa. Cassiano Lopes estava procurando pela garota com alguns amigos, quando ela reapareceu. De acordo com ele, ela estava muito assustada e contou que foi levada por uma pessoa.
— Ela estava muito assustada, tremia muito. A gente perguntou o que houve e ela explicou que um homem tinha entrado na casa dela e pegado ela.
De acordo com a própria menina, ela acordou no colo do sequestrador, já no quintal de casa. O homem teria dito para ela que era o pai da garota. A criança foi levada para um posto de pronto atendimento, na região. Os exames confirmaram que ela não sofreu abusos nem violência.
A PM e os vizinhos ainda tentaram encontrar o sequestrador, mas não conseguiram. As características do suspeito foram passadas para as autoridades que vão investigar o caso.

Dupla rouba carro e bate em viatura em praça do Coração Eucarístico

O veículo foi tomado de assalto no bairro Alípio de Melo, mas os suspeitos foram surpreendidos por uma viatura, tendo início uma perseguiç...