segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Divulgado gabarito preliminar de provas do Samu no Triângulo Provas foram aplicadas neste domingo (14), em Uberlândia. Serviço inicia as atividades até o fim do primeiro semestre deste ano.


Serviços do Samu em Uberlândia e região (Foto: Marcus Ferreira/Agência Minas)

gabarito preliminar das provas do processo seletivo do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)/Triângulo Norte foi divulgado pela Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del Rei. As provas foram aplicadas neste domingo (14), em Uberlândia. Ao todo, 505 vagas são disputadas e serão distribuídas entre os 27 municípios da região.
Inscreveram-se para o processo 4.786 pessoas. As provas foram aplicadas no Campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), em dois períodos.  Segundo a secretária executiva do Samu, Dayana Ferreira da Fonseca, as provas aconteceram normalmente e sem nenhum transtorno.

Para ser aprovado, o candidato precisa pontuar, no mínimo, 50% dos pontos tanto em conhecimentos gerais quanto em conhecimentos específicos. A entrega dos títulos deverá ser feita entre os dias 15 e 17 de março. O resultado final do processo seletivo sai em 19 de abril e o treinamento introdutório de 50 horas começará em maio.
As 505 vagas disputadas são para os cargos de condutor socorrista, técnico em enfermagem, enfermeiro, médico, psicólogo, farmacêutico, auxiliar de farmácia e auxiliar administrativo. Deste total, 211 vagas são para Uberlândia, que sediará a Central de Regulação das Urgências com sede na 9ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp). Os salários variam de R$ 1.150 a R$ 9 mil.
Estrutura Samu
A cidade terá cinco bases descentralizadas, sendo quatro instaladas dentro das estruturas existentes dos Bombeiros e uma na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) Luizote de Freitas. Além disso, o município vai dispor de 10 ambulâncias, sendo duas UTIs móveis, que terão médico, enfermeiro e condutor socorrista. As demais são de suporte básico com condutor socorrista e dois técnicos de enfermagem.
A gestão do serviço será de responsabilidade do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião do Triângulo Norte (Cistri). Para manter o Samu, além dos repasses das esferas estadual e federal, desde 2013, os municípios consorciados têm repassado mensalmente ao Cistri R$ 0,20 por habitante.
Dos 27 municípios consorciados, 17 contarão com bases descentralizadas do Samu. Os demais serão referenciados de acordo com a Regulação Médica de Urgência do Samu 192. Além da Central de Regulação das Urgências em Uberlândia, ao todo serão 22 Bases Descentralizadas, 1 Ponto de Apoio e 31 ambulâncias, que viabilizarão o atendimento a ser prestado na Região Triângulo Norte.
O Samu, que funciona 24 horas durante os sete dias da semana, atuará de forma integrada com as Unidades de Resgate do Corpo de Bombeiros Militar. Ligando no 192 ou 193, os técnicos e médicos reguladores da Central avaliarão o atendimento e empenharão uma ambulância de acordo com o perfil da assistência que precisa ser prestada. O serviço inicia até o fim do primeiro semestre deste ano.Fonte

Dupla rouba carro e bate em viatura em praça do Coração Eucarístico

O veículo foi tomado de assalto no bairro Alípio de Melo, mas os suspeitos foram surpreendidos por uma viatura, tendo início uma perseguiç...