sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Tarado é preso em BH por assédio de oito mulheres e ameaça de morte Segundo a Guarda Municipal, o suspeito é "um logo em pele de cordeiro"


Um homem de 39 anos foi preso na última quarta-feira (20) suspeito de assediar mulheres no meio da rua, no bairro Floresta, na região leste de Belo Horizonte. Pelo menos oito mulheres teriam sido vítimas de R.C., que agia ainda nas ruas do centro da capital mineira. 
De acordo com um relato de uma das mulheres, ela seguia para o almoço quando foi abordada pelo criminoso, que exibiu suas partes íntimas. 
— Eu corri na direção contrária e nem olhei para trás. 
Já outra vítima passava pela mesma região quando C. teria colocado as mãos nas partes íntimas. Com medo, ela tentou mudar o trajeto e ainda acelerou o passo. 
— Uma mulher me perguntou: você está sozinha? Eu disse que sim e ela falou: então chama a polícia, porque ele colocou o órgão genital para fora para você. 
A foto do suspeito foi colocada na porta de uma padaria e a dona do estabelecimento foi ameaçada de morte. O guarda municipal responsável pela ocorrência, Mário Martins, conta que o suspeito teria assediado a mulher várias vezes. 
— Ele vem cometendo atos obscenos, importunação ofensiva ao pudor, tentando tocá-la e chegou ao ponto de ameaçá-la de morte, na frente de seu esposo. 
Ainda conforme o agente, C. entrou em contradição ao tentar se defender e seria "lobo em pele de cordeiro". 
— Os registros vão contra o que ele passou. Em princípio, de inocente ele não tem nada. Ele é um simulado, demonstra ser um cidadão de bem, mas, na verdade, é lobo em pele de cordeiro. 
O homem negou as acusações e foi levado para a delegacia. A polícia acredita que outras mulheres tenham sido vítimas dos assédios. 
acredita que mais pessoas foram vitimas Fonte

Convocação dos excedentes do CFS 2017 - PMMG

Excelentíssimo Senhor Governador do Estado de Minas Gerais. Nós, candidatos ao Curso de Formação de Sargentos da Polícia Militar de M...