sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

PM detém jovem e recupera carro de padre sequestrado em Juiz de Fora Após fuga, ele foi achado escondido em brejo às margens da BR-040. Ele confessou participação no sequestro do religioso há uma semana


Um jovem de 26 anos foi detido nessa quinta-feira (21) após ser flagrado dirigindo o carro roubado de um padre sequestrado há uma semana, em Juiz de Fora. Segundo a Polícia Militar (PM), ele fugiu até Ewbank da Câmara, furou um bloqueio policial, abandonou o carro na BR-040, mas foi localizado escondido às margens da rodovia.
O veículo foi apreendido e o jovem levado para a Delegacia de Plantão em Juiz de Fora. A assessoria da Polícia Civil informou que o registro da ocorrência está em andamento. O jovem está prestando depoimento nesta manhã de sexta-feira (22).
Denúncia e perseguição
A Polícia Militar (PM) recebeu denúncias de que o carro roubado do religioso estava estacionado em uma rua do Bairro Novo Triunfo 2, em Juiz de Fora. Ao chegar ao local indicado, por volta das 19h, populares informaram que um homem tinha saído com o carro cerca de 20 minutos antes. Em rastreamento na região, o veículo foi localizado na Avenida JK, na altura do Bairro Barreira do Triunfo.
Ao perceber a presença dos policiais, o motorista fugiu em alta velocidade sentido BR-040. Durante a perseguição, ele seguiu até Ewbank da Câmara, passando pelo interior da cidade para retornar à Juiz de Fora.
De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), o jovem furou um bloqueio policial organizado perto do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Após rodar com o carro na rodovia ele tentou fugir a pé pela mata. A PM acionou a equipe do canil para reforçar as buscas. Ele foi encontrado deitado em uma vegetação em um brejo às margens da BR-040.
Ao consultar as informações no sistema, os militares confirmaram que o veículo foi roubado há uma semana. O jovem confessou que, junto com um cúmplice, sequestraram um padre, roubaram os cartões bancários e o carro dele. Ainda de acordo com o detido, o comparsa foi o responsável por abandonar o religioso em uma comunidade na zona rural de Bom Jardim de Minas, no sul do estado.
Relembre o caso
Um homem se passou por um fiel que precisava de ajuda para sequestrar e roubar um padre de 76 anos, em Juiz de Fora. O caso foi registrado na última sexta-feira (15). O religioso foi libertado em Bom Jardim de Minas, no sul do estado, a 115 quilômetros do local em que ele foi levado.
De acordo com a Polícia Militar (PM), por volta das 15h, um homem procurou o padre na igreja, em Juiz de Fora, solicitando ajuda e pediu que o religioso o levasse até um local, que não foi informado pela polícia. No meio do caminho, ele anunciou o sequestro, obrigou o padre a entregar cartões bancários e as senhas, amarrou o religioso e o prendeu no porta-malas do carro.
Segundo relato da vítima, por volta das 19h, ele foi libertado em Pacau, zona rural distante cerca de 12 quilômetros da área urbana de Bom Jardim de Minas. Depois de andar por quase dez quilômetros, o padre encontrou moradores que acionaram a polícia. Os militares que fizeram o registro do caso chamaram parentes do religioso, em Juiz de Fora, que foram buscá-lo.
Além dos cartões bancários, o ladrão levou o carro do padre. Segundo a vítima, outros homens deram cobertura ao sequestro em outro veículo, mas ele não soube informar mais detalhes. Fonte

Dupla rouba carro e bate em viatura em praça do Coração Eucarístico

O veículo foi tomado de assalto no bairro Alípio de Melo, mas os suspeitos foram surpreendidos por uma viatura, tendo início uma perseguiç...