quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Pimentel pretende extinguir órgãos e anexar outros para equilibrar contas


O governo de Minas Gerais pretende reequilibrar os gastos através de uma reforma estrutural. A previsão de orçamento para 2016 terá um déficit de quase R$ 9 bilhões, de acordo com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. Hoje, a dívida total de Minas Gerais chega a R$ 100 bilhões.
“Nós vamos extinguir órgãos, vamos fundir outros, vamos fazer um manejo operacional para o estado ficar mais eficiente. o importante não é só a economia. é tornar o estado mais eficiente, mais ágil, mais presente”, disse o governador Fernando Pimentel nesta quarta-feira (13) em Belo Horizonte.saiba mais

Motorista é sequestrado, troca pneu para trio e é amarrado em árvore

O homem de 23 anos foi sequestrado por volta de 12h30, após ser acionado para uma viagem, e só foi liberado cerca de quatro horas depois