domingo, 10 de janeiro de 2016

Governo teria facilitado empréstimo para obra de empreiteiras na África

Órgão do governo teria retirado exigência para empréstimo, informa 'Época'.
Campanha de Dilma recebeu doação; Presidência diz que não há relação.


O governo brasileiro teria facilitado a concessão de um empréstimo de US$ 320 milhões para a construção de uma barragem em Moçambique, informou a edição deste fim de semana da revista “Época”.

A revista relata um encontro em março de 2013 entre a presidente Dilma Rousseff e o então presidente de Moçambique, Armando Guebuza, em Durban, na África do Sul, durante uma reunião de paises com economia emergente.
Na conversa, de acordo com a revista, Dilma e Guebuza trataram de um empréstimo de US$ 320 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)  para a construção da barragem Moamba Major, em Moçambique.
O presidente do pais africano teria dito a Dilma que as exigências impostas para a liberação de crédito estavam travando as obras de infraestrutura em seu pais.

Uso do Exército para combater crime triplica desde 1990

O chefe de operações conjuntas do Ministério da Defesa diz que a maioria das ações de combate à criminalidade nos anos 1990 tinha como c...