sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Homem se trancou em casa quando policiais chegaram ao local para prendê-lo; negociação durou quase 20 horas

Um foragido da Justiça foi preso nessa quinta-feira (24), depois de quase 20 horas de cerco policial, em Poços de Caldas, no Sul de Minas. Durante a negociação, ele jogou um explosivo nos militares que atuavam na ocorrência. Ninguém se feriu.
De acordo com a Polícia Militar (PM), o suspeito tinha um mandado de prisão em aberto e uma equipe da corporação foi até a casa da família dele, no bairro Cohab, para cumprir a ordem judicial, por volta das 8h dessa quinta. Ao perceber a chegada dos militares, o homem se trancou na casa da família e se recusou a sair de lá, dizendo que estava armado. Foi feito o cerco e, durante a negociação, ele disse aos policiais que iria se entregar. No entanto, quando os militares se aproximaram, o homem atirou uma bomba caseira que danificou os escudos que eles usavam.
A negociação continuou e os militares atiraram bombas de gás lacrimogêneo no imóvel e até tentaram entrar pelo telhado para fazer com que o suspeito saísse da casa, o que só aconteceu 3h40 desta sexta-feira (25), quando ele se entregou.
O suspeito foi preso, prestou depoimento na Delegacia de Poços de Caldas e foi encaminhado para a penitenciária da cidade.

Convocação dos excedentes do CFS 2017 - PMMG

Excelentíssimo Senhor Governador do Estado de Minas Gerais. Nós, candidatos ao Curso de Formação de Sargentos da Polícia Militar de M...