segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

NO BARRO PRETO Homem é preso por roubar paciente dentro de hospital em Belo Horizonte


Suspeito entrou na unidade na madrugada desse domingo (4), se passando por funcionário de prefeitura; circuito de câmera flagrou invasão de quarto, de onde ele levou carteira com dinheiro e documentos

Um homem foi preso por roubar uma carteira com dinheiro e documentos de um paciente do Hospital Felício Rocho, no Barro Preto, região Central de Belo Horizonte. O ação foi flagrada pela pelo circuito de câmeras do local, na manhã desse domingo (4), e o suspeito levado para a Central de Flagrantes (Ceflan).
De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem de 37 anos se apresentou como funcionário da Prefeitura de Itaúna, no Centro-Oeste de Minas, dizendo que iria colher assinaturas de internos. Conforme a segurança do hospital, ele teria aplicado o mesmo golpe no último dia 30 de dezembro, quando passou por diversos quartos, porém sem que qualquer queixa de roubo fosse registrada.
Desde esse dia, sua imagem foi passada a todas as portarias da unidade. Às 5h55 desse domingo, o homem voltou ao hospital na mesma motocicleta da data anterior, e contando a mesma história. "Quando nós o abordamos, ele não tinha nada de suspeito. Ele estava com R$ 126 mais os supostos documentos de pacientes que seriam do Felício Rocho e de outros hospitais", contou o chefe de segurança, Júnior Batista.
Por não ser tratar de um procedimento padrão, a PM foi acionada. O homem não portava documentos. Ele se identificou aos militares como "Naidison", e disse ter tido roubado seus documentos no sábado (3), no bairro Padre Eustáquio, região Noroeste da capital. Ele reafirmou ser funcionário da Prefeitura de Itaúna, e que estaria ali a trabalho. A moto em que ele estava não tinha queixa de roubo, mas foi apreendida por ele também não portar sua documentação.
"Depois de o homem ser levado à Ceflan, o acompanhante de um paciente deu falta de uma carteira com documentos e dinheiro. As imagens do circuito interno foram checadas e vimos que ele havia entrado lá. O dinheiro encontrado com ele, os R$ 126, eram da vítima. Os documentos e cartões, ele descartou no corredor do hospital", concluiu o funcionário.
A Polícia Militar não tem informações sobre outras passagens do suspeito.
O Tempo

Dupla rouba carro e bate em viatura em praça do Coração Eucarístico

O veículo foi tomado de assalto no bairro Alípio de Melo, mas os suspeitos foram surpreendidos por uma viatura, tendo início uma perseguiç...