segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Rebelião mobiliza agentes e polícia em centro de internação para menores


Confusão começou com seis jovens, que roubaram as chaves e tentaram agredir um agente


Uma rebelião mobiliza agentes penitenciários e a Polícia Militar nesta segunda-feira (8) no CEIP (Centro de Internação Provisória), na região leste de Belo Horizonte. A confusão começou quando um dos agentes levava um adolescente de volta para o alojamento.
Segundo os agentes, seis menores se rebelaram, roubaram as chaves das celas e tentaram agredir o servidor público. Eles empurraram o agente e conseguiram sair da cela, mas o funcionário conseguiu pedir reforço. A confusão se espalhou rapidamente.
Cerca de 170 menores estão no centro de internação, que tem capacidade para 100. Segundo os agentes, foi preciso sair do núcleo porque os internos jogaram urina e comida nos servidores, além de fazer ameaças de morte.
Colchões foram queimados na unidade e a fumaça se espalhou pela região. Por meio de nota, a Seds (Secretaria de Estado de Defesa Social) informou que não houve situação de motim, feridos ou danos ao patrimônio.
Ainda conforme o órgão, todos os adolescentes estão dentro dos alojamentos e o CEIP segue com sua rotina normal. Apesar das informações da secretaria, a Tropa de Choque, o Rotam (Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas) e o helicóptero da PM foram acionados para controlar a situação.
R7MG

NOTÍCIA DO PAGAMENTO, OU FALTA DELE

Prezados Policiais Militares, Após permanente contato com a Secretaria da Fazenda na data de hoje, fomos comunicados neste momento que o ...