terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Polícia invade estúdio da rádio Itatiaia para prender marido de vereadora


Apresentador foi interrompido ao vivo e se revoltou com ação policial; PC não se pronunciou


Dois policiais civis invadiram o estúdio da Rádio Itatiaia na tarde desta terça-feira (9), em Belo Horizonte, para prender o marido de uma vereadora de Confins, na Grande BH. Armando Júnior Pereira da Cruz é suspeito de participação em uma fraude de licitações que motivou a operação Lavagem 3, realizada desde o início da manhã pela polícia.

O jornalista Eduardo Costa entrevistava o suspeito ao vivo no estúdio da rádio quando os policiais invadiram a emissora dizendo ter um mandado de prisão e interromperam o programa.
Seis pessoas foram presas nesta terça-feira (9) durante a operaçãoAdriano Marques/ Portal de Confins
Eduardo Costa, apresentador do MG no Ar, naRecord Minas, se revoltou com a invasão do estúdio e narrou a ação ao vivo:
— Não acho crível, lógico e correto que invadam o estúdio para fazer uma prisão. Poderiam, no mínimo, ter feito a gentileza de esperar na porta do estúdio, como eu pedi. Atenção Oliveira Santiago Maciel (chefe da Polícia Civil). Eles querem arrastar o moço preso dentro do estúdio. Longe de mim querer atrapalhar uma ordem. Se ele tem mandado, será cumprido. Só que na hora certa e no lugar certo. Invadir um estúdio é mais uma falta de respeito e só dá razão aos que dizem que a polícia está sem controle.
O jornalista pediu atenção do secretário de defesa social e do governador para o caso.
— Oliveira Santiago Maciel, chefe de polícia, senhor Marco Antônio Romagneli, secretário de Defesa Social, senhor governador Alberto Pinto Coelho. Há uma invasão de estúdio por policiais civis que querem arrastar um entrevistado. Não nos dobramos sequer nos tempos da ditadura. Não vamos aceitar. Até agora estão falando em mandado e não mostraram.

O delegado Jonas Tomazi, responsável pelas investigações, não atendeu aos telefonemas da reportagem. Um investigador afirmou que ele conclui os trabalhos da operação e concederá entrevista mais tarde. A assessoria da Polícia Civil, questionada sobre a legalidade da operação, informou que está apurando o caso. A Corregedoria da corporação ainda não se manifestou.
R7MG

Dupla rouba carro e bate em viatura em praça do Coração Eucarístico

O veículo foi tomado de assalto no bairro Alípio de Melo, mas os suspeitos foram surpreendidos por uma viatura, tendo início uma perseguiç...