segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Pai e filho são presos, acusados de contrabando e receptação

                           

Policiais militares prenderam um comerciante acusado de contrabando e seu filho, acusado de receptação de produtos furtados. De acordo com informações do cabo PM Oziel Felício dos Santos, os policiais da 40ª Companhia realizavam patrulhamentos preventivos pelo bairro Abadia e, ao passarem pela rua Eduardo Formiga, viram um homem em atitude suspeita em uma motocicleta Honda CG Titan de cor vermelha.
Ao perceber a presença dos policiais, o suspeito fugiu em alta velocidade, foi perseguido e abordado ao entrar em um estabelecimento comercial na rua Guia Lopes. Ele foi abordado e identificado como o comerciante J.R.R., 42 anos. Nesse momento, os policiais iniciaram buscas no comércio e encontraram 240 maços de cigarros contrabandeados do Paraguai, várias ferramentas, pneus, aparelhos de som e de DVD’s automotivos, torneiras, equipamentos de rapel e dois monitores de computadores que tinham sido furtados no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG) na avenida Leopoldino de Oliveira.
Os policiais questionaram o suspeito e, segundo o militar, o comerciante B.F.R., 66 anos, que é pai de J., confessou ser o proprietário dos cigarros contrabandeados. Ele foi preso em flagrante, encaminhado para a delegacia de Polícia Federal (PF) e apresentado ao delegado de plantão. Já o acusado J., que foi detido por receptação de produtos furtados, foi levado para a delegacia de Polícia Civil e apresentado ao delegado de plantão.


Por: Jornal de Uberaba 

Governo de MG diz que 88% dos servidores receberam duas parcelas do salário

Em nota, a Secretaria de Estado de Fazenda informou que o estado trabalha para pagar os últimos 12% 'o quanto antes'